Feeds:
Posts
Comentários

Archive for julho \31\UTC 2019

O b e o M - bl

A Bíblia é ampla, mas no seu contexto total se concentra basicamente numa única revelação: a de que existe uma luta entre o bem e o mal e entre a luz e as trevas, porém não revela qual a amplitude ou o alcance das ações bélicas. Todo o texto bíblico desde o Gênesis ao apocalipse aborda esse tema como central e absoluto. Por ter esse conceito tão definido, a Bíblia se difere de todos os demais escritos do passado, pois tudo nela gira em torno dessa batalha e todas as profecias apontam para o seu desfecho futuro no qual ela garante o bem prevalecerá e na qual a nossa casa, o planeta terra está envolvido, de forma total e absoluta.

A Bíblia começa narrando a criação e a formação do homem e revela a sua queda ao querer conhecer o mal que não lhe fora dado, por ter sido formado a imagem e semelhança de seu Criador Deus. Quem lhe deu o conhecimento do mal foi a serpente a mais astuta das alimárias do jardim, Gn 3: 1. Para isso usou de todo o engano e malícia ao falar, e assim não só derrubou o homem no mal, como também revelou o seu caráter maligno a todos os que tem olhos para ver. O homem foi formado “muito bom”, Gn 1: 30, mas pecou e toda a humanidade foi gerada a partir de uma casal caído, no qual o mal prevalecia e a prova é que o primeiro de seus filhos foi também o primeiro homicida da história, revelando a sua essência maligna ao matar a seu irmão que se revelará bom e aceito diante de Deus, o que o deixou indignado e irado.

Deus nessa luta contra o mal, revelou que um dia geraria da mulher um varão que teria o seu calcanhar ferido pela serpente, mas lhe pisaria a cabeça Gn 3: 15. Esse varão nasceu na terra na plenitude dos tempos e se chamou Jesus Cristo e teve seu calcanhar ferido na cruz, mas ressuscitando da morte, pois fim ao império da morte Hb 2: 14, e pisou a cabeça da serpente para sempre. Esse mesmo Jesus em respeito a princípios espirituais de Deus, seu Pai, veio a terra da forma legal, ou seja nascendo de mulher e assim entrando na terra pela porta, Jo 10: 1, pois a terra Deus deu aos filhos dos homens, veja Sl 115: 15 e 16, e não a deu a nenhum ser extraterrestre que nela é um invasor, pois entra por outra parte: “Na verdade, na verdade vos digo que aquele que não entra pela porta no curral das ovelhas, mas sobe por outra parte, e ladrão e salteador”. Portanto, qualquer que entrar na terra seja por que portal for se não nascer do ventre da mulher se enquadra nesse texto e se revela como procedente do mal e das trevas, a qual compõe o espaço infinito. Os que são de Deus procedem da Luz, Mt 4: 16.

Portanto, nessa visão bíblica, qualquer que vier de outra parte, vira para ensinar o mal, ou seja, ensinar a fazer armas, a guerrear e destruir, e a ter ambição desmedida, etc. A nossa história está escrita através de guerras e conquistas sucessivas, no qual a paz é apenas um hiato, para se preparar uma nova e terrível guerra, pois o predomínio e do mal cumprindo Jo 10: 10: “O ladrão não vem senão a roubar, a matar e a destruir, e assim são os relatos passados.

Já Jesus, o Filho de Deus e Salvador dos que o recebem, veio para que tivéssemos vida, e vida em abundância, e só ensinou e praticou o bem, e deu a sua vida por amor aos homens, e foi quem nos revelou que ele era a luz do mundo que estava em trevas, Jo 1: 9, 8: 12, 3: 19 a 21, 9: 5 e 12: 35 e 46, e que veio para combater as trevas, e para vencer o mundo Jo 16: 33, e para criar um novo céu e uma nova terra, onde habita a justiça. Se o mundo foi formado em pecado o Cordeiro veio para tirar o pecado do mundo e o fez conforme Jo 1: 29.

Jesus é a luz do mundo, e quem está em Jesus está na luz, pois deixou as trevas e o mal, e veio para a luz conforme Jo 3: 18 a 21. Mas se você está enganado e a luz que teus olhos veem forem trevas, que densas trevas serão, Lc 11: 33 a 36.

cláudio pinto pr

Pense: “No mundo há uma luz que ilumina a mentira, e uma luz que revela e é a verdade”

Anúncios

Read Full Post »

Misc univ bl

Existem seres alienígenas vivendo na terra? Nós não conhecemos os subterrâneos de nosso planeta e nunca fomos ao centro da terra, portanto todo nosso conhecimento se baseia em meras conjeturas e conclusões e não numa realidade comprovada. Quanto conhecemos de nossos oceanos? Sem duvida, muito menos do que sobre o restante do planeta, portanto podemos estar convivendo com coisas que nem imaginamos e bem mais perto do que pudéssemos supor. Esperamos seres misteriosos e vindos do céu e talvez sejamos surpreendidos ao vê-los subirem e isso bem de debaixo de nossos pés, Ap 9: 1.

Nesse caso o único livro que prevê isso e a Bíblia sagrada em Ap 9: 1 a 3, que cita seres estranhos subindo debaixo e vindo do poço do abismo. Se a terra estivesse coalhada de seres alienígenas isso anularia a fé cristã, as previsões bíblicas e a existência de um Deus único e Criador que ela anuncia? creio que muito ao contrário, tudo isso só confirma serem essas coisas absolutamente verdadeiras.

Não esqueçam que contra todas as evidências e opiniões, a Bíblia coloca a terra em pleno e absoluto destaque a evidenciando na criação logo no capítulo e verso um do Gênesis. Deus nunca escondeu a importância que dá ao nosso pequenino e insignificante planeta em relação ao universo, definida como uma pálida bolinha azul por um certo astrônomo, e como nós o conceituamos e o consideramos. Ao contrário Deus o Criador único diz no Salmo 24: 1: “Do Senhor é a terra e a sua plenitude, o mundo e aqueles que nele habitam”. A terra é uma pérola preciosa de Deus solta no universo, e ele não tolda isso aos nossos olhos a pondo no centro de tudo diante de nós.

A prova é que com tão numerosos e imensos planetas em torno de maravilhosas e imensas estrelas no universo, parece que a atenção geral e voltada a nossa pequena e insignificante “bolinha”, confirmando o fenômeno que ocorre com Israel, o povo a quem Deus se revelou como Criador único, que embora habite numa região desértica e pequenina, é a mais cobiçada de todo o mundo a ponto de haver um constante conflito pela sua posse. Não fosse a revelação bíblica e essa obstinação do mundo por dominar a região da terra Santa de Israel não teria o mínimo sentido. Mas ali é a casa de Deus e ali está o monte santo de Deus, e isso explica o porque de todos os olhares convergirem para ali, pois é o centro de tudo.

O mesmo ocorre com o nosso planeta, Deus o revela como sendo seu, fato que o diferencia do restante do universo, e todos cruzam o infinito, usando toda a tecnologia inimaginável e com o mesmo proposito, querer rodear a nossa bolinha para tomar posse daquilo que é precioso para Deus. Como ocorre com o local do templo na terra santa, a terra é como uma colmeia cheia de mel e portanto, rodeada por abelhas de todas as partes e cobiçada por todos os animais pelo seu valor nutritivo e doce, todos enfrentam as picadas querendo saborear o mel. Estamos cercados, por todos os seres, todas as tramas e conjeturas.

Portanto, quantos mais seres extraterrestres estiverem ao nosso redor, e até entre nós, mais se revela que verdadeiro é o relato bíblico da criação e de um Deus Criador único que está acima de todas estas coisas, por mais avançadas, espantosas e tecnológicas que se mostrem e sejam. A Bíblia não só conta a criação e o passado da terra, como prevê e anuncia com todos os detalhes o seu futuro, no qual o Deus único cumprirá a oração feita por todos os que nele esperam e oram dizendo: “Venha o teu reino”. Deus reinará desde os céus, e estará reinando na terra, e com Ele todos os seus santos. Ap 20:6 e 22: 5, e isso em cumprimento ao que está anunciado na Bíblia e isso contrariando todas as evidências e expectativas, daqueles que creem fielmente em todas as fábulas mitológicas, mas descreem da palavra de Deus.

Deus é o Senhor e reina soberano sobre toda a sua criação e sobre todas as coisas, até sobre a nossa sabedoria, filosofia, conjeturas, tradição, incredulidade e fértil imaginação. claúdio pinto pr

Pense: “Deus não cria conjeturas, antes conjetura é após cria realidades”. Nábulus, pensador cristão

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: