Feeds:
Posts
Comentários

Archive for abril \13\UTC 2019

Voltando a vida

 

De V A V - V - 2

Para quem quer viver eternamente e depende para isso de tecnologia humana, a teoria vem desde o Egito antigo, e a prova é a prática da mumificação que preserva quimicamente o teu corpo para uma futura ressurreição. Hoje, existe um método moderno, é o do congelamento do corpo ou criogenia, que o preserva para que no futuro quando houver cura para os males que causaram a sua morte, então o corpo seja reativado, se espera, intacto e com todas as virtudes antigas e ainda curado. Lembramos ser esta hipótese, ainda uma mera e cara fantasia.

Se o homem fosse apenas uma alma vivente como o são os animais, essa técnica teria muito mais lógica, seria como se trocar a bateria de um brinquedo na qual ela durante anos esteve arriada. De imediato o brinquedo voltaria a se mover e falar como antes de perder a energia. Mas, se como diz a Bíblia o homem tem uma alma, aí a coisa se complica, pois como entrar na área espiritual e de lá restaurar a alma daquele ser para a restituir ao corpo? Ademais, Se a alma estiver salva, não quererá retornar ao corpo, e se perdida, mesmo querendo, não terá como fazê-lo. Outra hipótese ruim é que o corpo reavivado, mas sem alma, fosse apenas um zumbi, ou seja, algo animado, mas sem vida, emoções, desejos, etc. Creio que o risco que se corre nesse caso, é muito maior que o preço altíssimo pago pelo referido processo.

Na verdade as múmias milenares do Egito, apesar de absolutamente mortas, dão testemunho vivo, de que não ressuscitaram fisicamente nunca, é como se dissessem “ei, ainda estou aqui!” E se ressuscitaram espiritualmente como se poderia alegar, o processo de embalsamamento e toda o seu trabalho e custo foi uma total perda de tempo, pois foi absolutamente inútil. O homem não nasceu para morrer por isso tem tanto medo do porvir, o que o leva a gastar parte de sua vida tentando solucionar a questão e acreditar que isso depende dele e de seus recursos e não de Deus. Se fosse assim seria uma injustiça incrível, pois a ressurreição seria somente para os ricos e poderosos, e seria algo tão cruel , seleto, e insano, com os demais que é melhor mesmo que realmente não exista.

Poderia se dizer: mas a ressurreição e só para os deuses, como os Faraós, etc. Nesse caso, a injustiça já viria de cima, seria de caráter divino, o que tornaria esses deuses mais abomináveis ainda, pela insensibilidade, desigualdade e pela indiferença com aqueles que sempre os serviram com suas vidas, sendo explorados. Por outro lado, se a vida eterna entre tais deuses é verdadeira e tão boa para eles, porque não a desfrutam em seu pleno gozo. Para que o ato de ressuscitar ou até reencarnar e voltar a está vida para aborrecer os seres terrestres que precisam de salvação e livramento aqui em baixo, pelos quais nada fizeram e nem podem fazer? E se o caráter eterno que oferecem é esse, os servos irem para a eternidade para continuar a mesma vida infame e paupérrima de servidão aos deuses que tinham aqui, qual a vantagem em ir depois da vida para lá?

Enfim, sou aberto a todas as ideias, mas há questões quer geram muito mais perguntas que respostas quando expostas, e cujas respostas não esclarecem e geram de novo muito mais perguntas. Creio no que tem lógica, ainda que exija a fé para ser aceito, pois a lógica faz com que o incompreensível se torne entendível, e ainda que exija o uso da fé para nele crer , vale a pena por ele esperar. A lógica é: a fé vem pelo ouvir e o ouvir pela palavra de Deus, Rm 10: 17, pois ouvindo a palavra de Deus, nela acho toda a lógica. cláudio pinto pr

Pense: “Creio naquilo que tem lógica, pois a lógica responde as perguntas que geram a fé”. Nábulus , pensador cristão

Anúncios

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: