Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 17 de fevereiro de 2018

O jargão abandonado

O Jargão

Houve uma frase que por muitos anos foi repetida com ênfase e muita alegria por todos, em especial por políticos e meios de comunicação, ao constatar que independente de nossa competência ou não, ao final fortuitamente tudo acabava dando certo como por um milagre, fatos oportunos ocorriam e faziam que houvesse sempre uma compensação cobrindo os erros, omissões ou desmandos cometidos, as eventualidades salvavam a nação. E todos diziam “Deus é brasileiro” lembram?

O Brasil, colonizado pelos portugueses e catequizado pelos jesuítas, sempre foi tido como uma nação religiosa, católica em maioria e cristã em essência. Embora fosse uma nação laica, a maioria das escolas eram de origem religiosa e nelas se aprendia além de todo o currículo escolar a educação religiosa, e ainda se tinha aulas de educação moral e cívica que formava cidadãos com caráter que respeitavam à pátria, pai e mãe, família, mestres, e o próximo, via de regra. Nos tribunais haviam Bíblias sobre as quais se faziam juramento, e havia respeito pela fé e seus princípios sem que isto fosse uma lei, era só uma atitude de reverência a Deus, como sendo o supremo juiz e um Pai de família.

Hoje tudo mudou, e existe até uma oposição a todas estas coisas que por muitos séculos em nada prejudicaram a nação, ao contrário, como dissemos a abençoaram de tal forma, que levavam a crer que “Deus era brasileiro”, tais as maravilhas que cobriam a nação. Queremos lembrar que a Bíblia diz que: “E sabemos que: “Todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus”, Rm 8: 28, e Isso ocorria entre nós no passado, apesar dos erros éramos sempre abençoados, pacíficos, e tínhamos segurança e respeito.

“Deus é brasileiro”, esse era o famoso jargão que hoje poucos conhecem e poucos ousam repetir, um bordão que marcou a nossa história, pois parece que tudo se virou contra nós. Nada mais acontece que justifique se repetir esse mote, pelo contrário, tudo tem contribuído para o mal para que sejamos prejudicados. O que será que aconteceu? Deus mudou ou o país mudou? Sabemos que Deus nunca muda, Ml 3: 6, este é um dos seus atributos básicos e imutáveis. Porém, a mente do brasileiro mudou do vinho para o vinagre, hoje vigora o politicamente corrente, a intolerância, a descrença, o desrespeito aos credos, a hipocrisia o populismo barato, a mentira, a corrupção, o cinismo, a demagogia, etc. E as bênçãos se foram, vieram as dívidas, os prejuízos, o desprestígio, e até os fatídicos 7 a 1, lembram-se? Deus não é mais também brasileiro? não é isso, mas o brasileiro não respeita mais a Deus como antes.

Os dons de Deus são sem arrependimento conforme Rm 11: 29. Ele nada tira do que dá, mas nós podemos recusar as bênçãos e Ele nada perde com isso, só quem perde somos nós. Quem foi que mudou então? Podíamos ser uma das maiores nações do mundo e o que somos hoje? Deixamos a resposta para o raciocínio de cada um, lembrando o que diz a Bíblia em Gl 5: 7, “Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo que o homem semear isso também ceifará”. Só estamos colhendo o que temos plantado nos últimos tempos.

cláudio pinto pr

Pense: “Deus não é mais brasileiro, ou os brasileiros é que não são mais de Deus?” Nábulus, pensador cristão

Anúncios

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: