Feeds:
Posts
Comentários

Archive for abril \29\UTC 2017

O pecado e a lei

os-dez-mandamentos SH8 V

O que é o pecado? o pecado é a transgressão da lei de Deus, qualquer que transgredir a lei peca contra ela.

Porém em Rm 4: 5, o apóstolo Paulo diz claramente : “Onde não lei não há transgressão”. E se não existe transgressão não há transgressor e em consequência nem punição e nem condenação contra ninguém. E se alguém tem dúvida sobre isso e só confirmar em outro testemunho no verso 5: 13, onde o apóstolo Paulo diz: “que o pecado não é imputado não havendo lei”.

As vezes somos duros e orgulhosos em aceitar certas verdades mesmo que estejam expostas ou expressas com clareza no texto bíblico, isto porque nos apegamos em seguir cegamente certos ensinamentos que recebemos no passado sem os questionar a luz das escrituras.

Outras vezes criamos leis, dogmas ou preceitos que são frutos de falta de entendimento ou de interpretação errônea, mas não voltamos atrás, pois o fazendo teríamos que reconhecer que erramos. Pior ainda é que nos recusamos até a discutir certas posições e se o fazemos e para tentar impor a nossa verdade e jamais para rever a nossa posição. A prova disso são as tantas denominações existentes e muitas delas apegadas em dogmas ou visões pessoais e não na Bíblia.

Diante disso perguntamos o que teria ocorrido aos que morreram no dilúvio, o qual ocorreu quando ainda não existia nenhum tipo de lei, mas que foram condenados por Deus por suas tendências de vida sempre malignas como está em Gn 6: 5 a 7?. Em Gn 6:13, Deus diz que o fim de toda a carne é chegado, ou seja, toda carne, homens e animais fora da arca morrerá por afogamento nas águas do dilúvio como consequência de seus maus procedimentos diante de Deus. Como não havia lei, mais o pecado estava no mundo e os homens viviam sob o seu domínio, veja Gn 4: 7, ocorreu então um juízo divino sobre toda a carne e a matou.

Porém, se salvaram da morte física oito almas que entraram na arca, todos da família de Noé o único homem que achou graça aos olhos do Senhor, veja Gn 6: 8. Ressaltamos ainda que a condenação era a morte por afogamento e a salvação aqui se referia a manutenção da vida física após a grande inundação e não a ida para a perdição ou para a salvação eterna, a qual não é citada em nenhum verso bíblico, pois embora o pecado já estivesse no mundo e com ele a morte, Rm 5: 12 e 13, não havia ainda a lei e sem lei não há transgressor, como disse o apóstolo, porém a morte reinava sobre todos conforme revela Rm 5: 14. desde o pecado de Adão.

Ao lermos Rm 11: 7, que nomeia os heróis da fé, vemos ali o nome de Noé o pregoeiro da justiça que é segundo a fé, citada em 2Pe 2: 5, homem no qual Deus achou graça para dar continuidade a seu plano de salvação que se consumaria em Cristo Jesus. Por não crerem em Noé e na justiça e por não terem fé, os homens de então se recusaram a entrar na arca e foram condenados a morte, perdendo o único direito ou a única dádiva que tinham recebido de Deus, a de viver na terra e na carne, conforme Gn 7: 21 a 23. Perderam o direito a vida.

Em Noé Deus continuou o seu plano de salvação, o qual Jesus consumou na cruz, depois de ter cumprido a lei, ter destruído o que tinha o império da morte, isto é, o Diabo, veja Hb2: 14, tendo assim retirado o pecado e introduzido no mundo a graça a todos os que o receberem para a salvação e para a vida eterna com Deus nos céus. Na graça, aos perdidos a condenação eterna e ao salvos a vida eterna.

claudio pinto pr

Pense: “Hoje a arca está aberta na terra, e Jesus te convida para entrar nela que é a sua igreja, e pelas águas entrar agora na vida, e vida eterna. Nábulus, pensador cristão

Read Full Post »

Fotosint

O que é a Fotossíntese? – é um processo químico realizado pelas plantas no qual ela produz seu próprio alimento básico que é a glicose. A planta retira o gás carbônico do ar e energia do Sol, eliminando oxigênio na atmosfera.  Sem a glicose que a planta metaboliza e que é seu combustível principal, seria impossível a ela manter as suas funções vitais.

A glicose é produzida através de uma reação química, e somente é possível devido à transformação da energia solar em energia química. Sem a fotossíntese, não existiria vida em nosso planeta, pois é através dela que se inicia toda a cadeia alimentar, pois os seres animais se alimentam de vegetais. Veja a importância das plantas e dos vegetais verdes e alguns outros organismos, como protistas e bactérias na natureza. Relembramos que no processo de fotossíntese, a planta elimina oxigênio na atmosfera, sem o qual seria impossível se viver na terra.

Porque comentando todo esse processo o qual acontecia mesmo em tempos em que a ciência não tinha nenhum conhecimento disso. É porque a Bíblia cita que a primeira ação na Criação quando tudo ainda estava em trevas absolutas foi o “haja luz” de Gn 1: 3. E houve luz e a declaração de Deus que era boa a luz. A luz é fundamental para que haja vida, pois sem luz não haveria a fotossíntese, e sem ela a vida não se sustentaria, portanto a luz é a fonte da vida, e a Bíblia declara que Deus é luz, veja em 1 Jo 1: 5.

Na criação, primeiro foi criada a luz e somente depois no terceiro dia da criação foi criada a erva verde que desse semente, sem luz a vegetação não poderia existir.

Muitos dirão, mas a luz citada aí não é a do Sol, que só foi criado no quarto dia em Gn 1: 14 a 19, o que é verdade? A luz citada em Gn 1: 3 era o conhecimento de Deus aplicado a sua criação, com tudo sendo feito a sua luz, inclusive o grande astro o sol. E Isto só prova que há fonte da vida não está originalmente no sol, mas em Deus que também criou o sol para que fosse a fonte da “vida material” na terra, o sol não pode dar vida espiritual e nem eterna, pois ele mesmo é finito.

Quando Deus anuncia que no princípio criou “os céus” (plural e a terra, singular) Sl 116:15 e 16, revelava que o céu (esporanios), que é o céu onde Deus habita, o qual é dimensional e eterno como Ele, já existia, e o que agora narra é a Criação dos céu planetário, com o Sol a Lua e as estrelas e seus exércitos o compondo, é o céu tempo e espaço. Porém Deus habita sobre o céu e a terra…

O Sol é apenas um mantenedor da vida, mas não a cria, pois ela é resultado de um complexo de fatores que ninguém conhece, e mesmo que tenhamos todos os elementos para que a vida ocorra faltará o lampejo final que a acenda. Esse desconhecimento ocorre também com a eletricidade, o magnetismo, e outras forças atuantes na natureza, as quais manipulamos no dia a dia, porém sem saber qual seja a sua origem essencial, existem e o que conhecemos são os resultados que produzem. Sem nós elas continuariam a existir. Se aquilo que vemos e utilizamos temos dificuldade em entender, como entender e admitir a existência de um Deus criador onisciente, onipresente e onipotente e eterno ao qual não vemos e não podemos usar? cláudio pinto pr

Pense: “Alguns pensam estar usando a Deus para se beneficiar, mas descobrirão um dia que nem usarão a Deus e infelizmente também não foram usados por Ele”. Nábulus, pensador cristão

Read Full Post »

Arte sacra  SH8 AS bl

A palavra “evangelho” traduzida significa “boas novas”, e foi dito que nossa missão na graça seria a de anunciar o evangelho. Diante disso fica a pergunta: quais são as “boas novas” que devemos anunciar ao mundo hoje? Parece uma pergunta obvia, mas lembro que, é no obvio que nos acabamos errando ou falhando.

Uma grande boa nova é que Deus achou uma virgem da qual pode gerar seu Filho na terra, outra, que Jesus nasceu no mundo se manifestando em carne conforme as profecias, e mais uma, que Jesus já ressuscitou e que vive eternamente, e que a salvação agora está disponível a todos os homens. E para completar, que agora podemos ter os nossos pecados perdoados, uma tremenda boa nova. São muitas as boas novas, mas qual e o cerne, a essência, a raiz, das boas novas que devemos anunciar a qual sintetiza ou centraliza tudo?

Na verdade a grande boa nova anunciada por Jesus foi: “Trago-vos a vida eterna”. Está boa nova é maior que as curas, que as maravilhas, que os milagres, que os sinais, que Jesus fez, pois nela estão inseridas todas as profecias ocultas desde o princípio, a qual agora o Filho, o mistério de Deus, nos revela e cumpre.

A boa nova é a oposta a má nova que surgiu em Gn 3: 6, que foi a queda como o resultado da falta de fé de Adão em crer no que Deus dissera em Gn 2: 17. Pior, foi crer mais no que viam os seus olhos, Rm 10: 17, e em consequência desobedecer e comer do fruto que lhe fora dito não deveria comer. A “má nova” era que agora ele “morrendo, morreria”, ou seja, o processo de corrupção da carne estava ativo degenerando seu corpo até que ele voltasse ao pó como era, Gn 3: 19. A morte e seu império passaram a reinar entre os homens então , veja Rm 5: 14. Esta foi a má nova que transtorna o mundo e causa toda a destruição que hoje vemos.

Adão pecou e com o pecado entrou a morte ao mundo Rm 5: 12, e como todos se tornaram pecadores todos se tornaram mortais por herança adâmica, como ainda passaram a ser dominados e servos do mal que escolheram conhecer. Em sua misericórdia, após o pecado, imediatamente Deus declarou que a mulher teria um Filho, cujo calcanhar seria ferido, pela serpente, mas que ele, o Filho, pisaria a sua cabeça, conforme Gn 3: 15.

Moisés deu a lei a qual serviu de aio até a vinda da graça, Gl 3: 24 e 25, a qual nos conduziu até Cristo para a justificação pela fé, Jo 3: 16. Nascendo Jesus na terra, morrendo na cruz e ressuscitando, consumou a promessa da volta da “vida eterna” para todos aqueles que nele crerem, como é até hoje, veja Jo 5: 24.

E os que não creem em Jesus como sendo o Salvador e autor da vida eterna como ficam? A ira de Deus sobre esses permanece, diz Jo 3: 36, pois todos tem liberdade para rejeitar ou para receber a boa nova de Jesus, preservando assim o seu direito pessoal de escolher não querer ter restaurada para si a vida eterna, permanecendo assim na ira e na morte eterna. A escolha é absolutamente livre.

A “vida eterna”, à volta a condição inicial que o inimigo havia tirado pelo engano do pecado é a grande “boa nova” a ser anunciada ainda hoje a todos. Quem é de Jesus não morre, ainda que morra na carne, viverá eternamente com Deus em Cristo, conforme diz Jo 11: 26. Jesus é a imagem do Deus invisível autor de toda a criação e nele voltamos a ser a imagem e semelhança de Deus, pois ele derrotou o império da morte de Hb 2: 14 e nele podemos ter os nossos pecados perdoados e viver eternamente com Deus que é vida. Estamos anunciando isso como “prioridade principal e redundante” no dias de hoje em nossas igrejas? É o nosso dever fundamental fazê-lo.

cláudio pinto pr

Pense: “Deus nos dá livre arbítrio e sabedoria para escolher a vida ou a morte, se nossa escolha foi certa ou errada a eternidade e quem nos responderá”. Nábulus, pensador cristão

Read Full Post »

Mundo hostil

MM 2017 -   M bl

Como nunca hoje o mundo evolui, a ciência se multiplica, a tecnologia avança e se desenvolve, porém, não tem como impedir o aumento do mal na terra, os eventos naturais como os tsunamis aterradores, os vulcões furiosos explodindo e lançando cinza super aquecida no ar lava incandescente na terra, os terremotos, e isto em muitos pontos do planeta. além disso, a cada dia surgem novas doenças, pestes, epidemias, e o câncer quebra todos os recordes de estatísticas. Doenças já extintas estão de volta, a depressão aumentando sempre e a síndrome do pânico como a doença da moda. Não bastasse surgem as super-bactérias superresistentes.

Os alimentos atacando com os calóricos, os super saturados, os hidrogenados, os cheios de conservantes, de odorizantes, corantes, as contaminações, tudo muito nocivo a saúde de alguma forma, no mínimo provocam obesidade e pior, fazem parte do dia a dia de todos gerando muitas enfermidades e limitações físicas.

Na pecuária animais nutridos por ração que contem hormônios, antibióticos, e que viram alimento humano e provocam sérios distúrbios de saúde e nos adolescentes problemas no desenvolvimento. Ainda surgem doenças como a da vaca louca, por se dar ração com pó de ossos ao gado herbívoro, entre outras insanidades.

Na agricultura, os pesticidas, herbicidas, os venenos, os defensivos agrícolas, etc. que produzem as alergias, rejeições, intoxicações, etc. sem falar nos transgênicos, cujos resultados colheremos no futuro próximo.

Na educação, fora o prejudicial buling, tão atual, tem os maus ensinamentos e a má formação, onde se aprende a não respeitar mestres, pais e autoridades, e se cresce com um caráter já deformado. Muitos nesse tempo se iniciam nas drogas e no vício, pois não tem uma orientação sadia.

Nas nações o terror dos sequestros foram substituídos por atentados renovados com homens e carros bombas, franco atiradores, e agora os atropelamentos com o uso de caminhões, atuando em lugares públicos de grande movimento, etc. que causam um clima de terror e insegurança constante.

Nas ruas do país, os assaltos, sequestros, a morte espreitando em cada esquina, a violência, a falta de amor e de respeito, os assédios, os ataques, as explosões de caixas eletrônicos e de carros fortes, as saidinhas de banco, assaltos a caminhões e ônibus, os arrastões, fora todo o tipo de golpe pela internet e pelo telefone, etc.

Nas celas dos presídios encarcerados com celulares aplicando golpe nos cidadãos de bem que estão fora e atemorizando os de dentro, policiais sendo atacados e mortos na rua a cada dia. Não há limite para se conceber e executar o mal.

Na economia, impostos escorjantes e abusivos, exploração continuada e os juros mais altos de todo o globo terrestre, inflação e pobreza crescente sempre e todos tipo de escândalos surgindo.

Na política dominam a impunidade a corrupção, as negociatas, o interesse próprio, o lucro desmedido a qualquer preço, a hipocrisia, as maquinações malignas, e a mentira e a auto proteção, a tal ponto que alguns declararam abertamente “que fariam o diabo para se reelegerem e o fizeram, e foram mesmo assim reeleitos, pois a impiedade impera e cega a todos.

Que mundo é esse, onde o mal está a solta em toda a parte e o bem tem que ser buscado como uma preciosidade? Um mundo sem amor, onde pai mata filho por vingança, filho mata pais por ganância, pedófilos violam crianças por prazer, casais se traem como realização, a tv incita a tudo isso em suas novelas, e juízes falam e ensinam advogados a como se defender da justiça e como anular provas reais, o que justifica a Bíblia, a qual ignoram e que diz: “que a nossa justiça é trapo de imundícia”, isto em Is 64: 6. E a Bíblia sempre tem razão.

O desespero e o medo levam a humanidade a angustia e a buscar socorro em psicólogos, ou em medicamentos, calmantes, relaxantes, e em todo tipo de droga, o que só aumenta o lucro dos laboratórios e dos hospitais e aumenta as doenças e traz a desesperança, tornando o enfermo além de depressivo dependente.

Nem vamos falar dos mísseis, do patrulhamento e do controle individual pelo estado, do perigo atômico ou nuclear que só aumentam o mal, através de todos esses canais de progresso, todas ferramentas de dois gumes, projetadas para o bem usadas no fim sempre para o mal.

Se esta pequena porção descrita acima é mentira então este mundo é bom e a paz e o bem predominam, mal se for verdadeira, este mundo é hostil, e terrivelmente mal como afirma a Bíblia em 1Jo 5: 19, onde se diz: “o mundo jaz ou está no maligno”. A Bíblia é o único livro que revela o porquê do predomínio do mal tão patente no mundo, isso claro, para os que tem olhos para ver.

Sendo você crédulo ou ateu tem que concordar que este mundo e dominado pelo mal, e que a Bíblia está certa, ou então você é absolutamente insensível por ainda não ter sido atingido pela maldade do mundo, o que será apenas uma questão de tempo infelizmente, ou por querer apenas ser contra. Peço desculpas por em meio a tantas trevas, ser um “otimista”, que por crer na Bíblia ainda vê solução para esta calamidade global e revelo o porquê na sequência.

Deus criou o homem muito bom, e lhe deu o conhecimento do bem Gn 1: 31, e o homem tendo livre arbítrio dado por Deus, escolheu livremente comer do fruto do conhecimento do mal e ser dominado por ele conforme Gn 3: 6, o qual só lhe poderia acrescentar o mal, pois o bem ele já tinha ao ser criado. Assim passou o mundo as mãos do maligno conforme Lc 3: 6, e tudo o que acontece hoje é fruto dessa escolha errada do homem ao se cumpliciar com o maligno.

Hoje só há uma solução para o mundo: a volta de Jesus Cristo, tirando o pecado e eliminando o mal e fazendo novo céu e nova terra onde habita a justiça, conforme diz 2Pe 3: 13 e Apocalipse 21: 1 e 2. Esta é a única solução real e factível.

Se você e dos que nesta vida, já escolheram o bem e rejeitaram o mal como diz Isaias em Is 7: 15 e como fez Jesus em Mt 4: 8 a 11, e já tem a eternidade com Deus e Cristo e sente que a única solução para o mundo e os que nele estão e o eliminar o mal como está em Ap 22: 20, ore por eles todos os dias a uma voz, dizendo: “Ora vem, Senhor Jesus“

cláudio pinto pr

Pense: “O pior mal que o homem faz a si mesmo e não crer no mal que o rodeia e que o destrói” a cada dia. Nábulus, pensador cristão

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: