Feeds:
Posts
Comentários

Archive for julho \24\UTC 2016

Calcanhar

Assim que o homem caiu e Deus passou a cobrar a atitude de cada um no Jardim, ao saber do que fizera a serpente, e após lhe determinar o castigo, disse-lhe: “E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente, esta te ferira a cabeça, e tu te feriras o calcanhar”.

Deus revelou entre outras coisas neste verso não desistir do homem, prometendo um varão que nascido da mulher, restauraria o homem ao pisar a cabeça da serpente, teria porém o seu “calcanhar”, a força do pé, ferido por ela.

Para entender este verso temos várias figuras a serem discernidas: quem é a mulher, quem é o varão nascido, o que significam a cabeça e o calcanhar?

Eva foi usada como figura da mulher que na verdade na história seria Israel, que seria desposada por Deus. Is 50: 1 e Jr 3: 8. Israel através de Maria, cumpriu a profecia da qual foi gerado o varão cujo Pai era Deus, Lc 1: 35.

Este varão era Jesus, o Messias de Israel, o qual na cruz teve literalmente o seu calcanhar ferido pela serpente, que o traspassou com um cravo. Sempre houve e haverá inimizade entre ele e a serpente como diz a profecia.

A cabeça, é a fonte dos pensamentos, da boa ou da má doutrina. Deus deu a sã doutrina ao homem, e a serpente semeou no jardim a má doutrina. Gn 3: 4 e 5. Jesus na história devido a influência da cabeça de satanás sobre os homens, teve o seu calcanhar ferido na cruz ao ser traspassado por um cravo. Porém, ao ressuscitar dos mortos, pisou a cabeça, a doutrina maligna da serpente, 1Co 15: 25 a 27 e Ap 20: 10, a qual será esmagada nestes tempos pela sua igreja, conforme Rm 16: 19 e 20.

O calcanhar, a má doutrina da serpente feriu no jardim e fere ainda hoje o calcanhar de Jesus. Na verdade, o evangelho das boas novas é anunciado pelos pés, onde toda firmeza está no calcanhar, Rm 10: 15. Pés que anunciam as boas novas são abençoados e pé que anunciam as más obras são abominação, Rm 3: 15 e Pv 1: 16, 6: 10. Assim, o calcanhar é a falsa e má doutrina, e a prova disso está revelada por Jesus em: Sl 41: 9 e Jo 13: 18. Quem levanta hoje uma heresia contra a verdade, levanta o seu calcanhar contra Cristo. Toda a heresia fere o calcanhar de Jesus, a verdadeira doutrina, pois surgiu por inspiração direta da cabeça da serpente, o diabo. Em tempos de apostasia e de heresias, cabe aos fieis a verdade, a tarefa de rejeitar e desmascarar a que cabeça pertencem, e para isso temos hoje a mente de Cristo conforme diz 1Co 2: 16.

Com os nossos pés, esmaguemos a cabeça da serpente (falsas doutrinas) debaixo deles, pelo poder de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, a verdade e a vida.

Pense: “Para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos de em seu conhecimento o espírito de sabedoria e de revelação”. Ef 1: 17.

Read Full Post »

INSPIRAÇÃO

A ressurreição de Israel

Após a segunda guerra mundial, onde ocorreu o holocausto judaico, o povo judeu buscou a recém formada ONU, fazendo uma petição visando retornar a sua terra, pois se sentiu totalmente desprotegida habitando entre as nações do mundo.

Porém, muito antes desse acontecimento o profeta Oséias havia já profetizado o que ocorreria na história do povo de Deus sobre esse assunto, a volta a sua terra conforme a interpretação do texto abaixo, em Os 6: 1 e 2.

No verso 1 diz: “Vinde e tornemos para o Senhor, porque ele despedaçou, e nos sarará, fez a ferida, e a ligará”

Foi Ele quem permitiu que Israel fosse desterrado, primeiro para a Babilônia pela violação dos sábados por setenta anos, 2Cr 36: 21, e depois por Roma no ano 70 dC na chamada diáspora: expulsão da terra por inimigos por motivos, políticos, raciais, econômicos, etc. Assim Israel foi espalhado pelas nações do mundo onde habitou até 1947.

No verso 2 diz: “depois de dois dias nos dará a vida: ao terceiro dia nos ressuscitará, e viveremos diante dele”.

Partindo do princípio que para Deus, dias são “períodos definidos”, e podem ou não ter 24 horas como o entendemos, esses três dias que em figura podem se referir também a morte e a ressurreição de Jesus, ocorrida na história, se aplicam ainda como veremos, ao renascimento da nação de Israel ocorrida mais recentemente.

Vamos a profecia e sua interpretação:

1º dia do verso 1– 1947 – Israel fez a petição a ONU para voltar para sua terra e teve aprovada a sua reivindicação ganhando de volta seu território

2º dia do verso 2 – 1948 – ao voltar a terra , as nações árabes ao redor se reuniram e declaram guerra a Israel num pacto de lutar até os varrer do mapa da terra, nunca aceitando a sua volta ao seu lugar de origem.

3º dia do verso 2 – 1949 – Israel vence os inimigos e ocupa a terra no que pode ser interpretado como sendo a ressurreição de sua nação: uma raça + um povo + mais um território, formam uma nação.

Assim, se cumpriu na história os três dias da ressurreição de Jesus em Jerusalém, e os três dias do ressurgimento e da ressurreição da nação de Israel de volta ao oriente médio, no primeiro dia sendo autorizado a voltar, no segundo dia ocupando a terra e no terceiro dia, após vencer a guerra, se estabelecendo como nação.

cláudio pinto pr

Pense: “A Bíblia é a palavra de Deus, sempre se cumpre sem enganos nem erros” Nábulus pensador cristão

Read Full Post »

O predomínio

Adamá SH8 V                                                                                                              Quem é mais apto a dominar o mundo? É incontestável que os animais são muito mais adaptados e equipados para isso que o homem.

Força – um chimpanzé com 1, 20m de altura tem três vezes a força de um homem forte de 1,90m de altura, entretanto, um Gorila pode matá-lo com um só tapa, um leão pode decepar a cabeça de uma zebra com uma patada, um coice de um Girafa pode quebrar a cabeça de um leão, uma Hiena pode cortar a perna de um felídeo com uma só mordida, um crocodilo em seu giro da morte pode destroçar um mamífero de grande porte, um elefante mata qualquer animal com um pisada, um rinoceronte mata com uma corrida e uma chifrada, um urso com um só abraço, um hipopótamo mata decepando com uma única mordida, uma onça mata um jacaré e o carrega na boca na água e em terra, uma sucuri constritora esmaga um grande mamífero quebrando todos os seus ossos e o asfixiando em segundos.

Sagacidade – Quem sabe emboscar como um leopardo, se disfarçar no capinzal como um tigre, se fundir a savana como em leão, se misturar as sombras da selva como uma onça pintada, espreitar como um puma, atocaiar como um crocodilo, ser ladino como uma raposa, trabalhar em conjunto como os lobos, trabalhar nas sombras e no silêncio como uma Píton, ou uma giboia, etc.?

Disfarce – Quem sabe se colocar em posição de não ser percebido, esconder seu cheiro de animais dotados de super olfato, andar sem fazer nenhum ruído com os pés, espreitar sem ser visto, deslizar silenciosamente, como faz qualquer predador?

Velocidade – quem pode correr 100 km hora com um guepardo, 60km por hora com um leão ou cavalo, ou Javali, ou que seja veloz como um coelho, ou escapar correndo de um rinoceronte, de um hipopótamo, de um urso, de um enorme elefante, de um dragão de Comodo, entre outros animais? Quem escapa a velocidade de voo de um falcão peregrino em seu mergulho, ou de uma águia, e quem voa veloz como eles? A velocidade de um homem e de 6 km por ora!

Peçonha – como se defender da saliva contagiosa de um dragão de Comodo, ou dá peçonha mortal de uma serpente real ou da inland taipan, da cuspida certeira de uma naja, da ferroada fatal de um pequeno escorpião, da queimadura de uma lagarta, do contato sem cura com filamentos de uma água viva caixa australiana, do veneno da rã dardo dourada, da picada da aranha armadeira, ou do potente veneno do baiacu, do caracol de cone de mármore ou do polvo de anéis azuis?

Agilidade – que homem tem a agilidade de um macaco, a elasticidade de um felino, que salte como um canguru, enxergue como um lince ou uma águia, escute como uma coruja, seja sensível como um tubarão ou uma serpente, voe e saiba plainar sobre as correntes de ar como um abutre?

O homem perde fisicamente para todos os animais e não teria nenhuma condição de conviver com eles na terra, ou seria presa fácil para todos se não tivesse o raciocínio, o homem é por natureza desde o berço, o mais indefeso de todos os seres viventes, até um ano r totalmente dependente dos pais. Porem é quem predomina sobre todos como está declarado em Gn 1: 28.

O homem, só tem um dote para superar todos os demais em força, astucia, espreita, velocidade, agilidade, sentidos, é o uso do raciocínio, que é a faculdade de somar pensamentos, pois assim pode transformar o meio em que vive e os elementos, e esse dote não só lhe dá predomínio sobre todos os animais, como também o torna a imagem e semelhança de seu Criador. Assim, a sabedoria do fraco, pode prevalecer sobre a força bruta das bestas feras super equipadas, como Deus prevalece soberanamente sobre todas as coisas. Deus dotou o homem com raciocínio para que dominasse sobre a sua criação, Gn 1: 28. Entretanto, a sabedoria humana e intelectual é inversamente proporcional a visão espiritual e a sabedoria espiritual, conforme revela 1Co 1: 27.

Deus fez isso propositadamente, e por mais incrível que pareça, há muitos raciocinais que não conseguem, nem entender e nem mesmo enxergar isso.

Deus é a sabedoria inatingível.

cláudio pinto pr

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: