Feeds:
Posts
Comentários

Archive for julho \27\UTC 2014

FilhosMuito se tem falado sobre a educação dos filhos nos dias de hoje, em que não se sabe o que significa pedir a bênção ao pai e a mãe antes de dormir ou ao acordar, ou ao sair para a escola, e mesmo não se tem o hábito de chamar o pai e a mãe de senhor e senhora mas de você.

Da mesma forma essa irreverência se estende a escola onde os alunos não tem nenhum respeito pelos professores ou mestres, como ocorria no passado, onde a sala de aula era um prolongamento de sua casa.

Disse o filósofo Luiz Felipe Condé, no rádio Bandeirantes esses dias, o problema hoje é os pais influenciados pelos métodos educacionais modernos quererem se parecer com os filhos, buscando fazer tudo o que os filhos fazem, passando aos filhos a sensação de que eles também são como crianças, e que não tem uma forma de vida futura e adulta a lhes ensinar, pois seus pais não representam para eles o que um adulto deveria ser.

Veem nos pais apenas uma projeção do que eles filhos  são, pensam e fazem, e isso é constrangedor para um adolescente. A criança de hoje que evita encontrar conhecidos familiares os tutorando nos seus contatos e relacionamentos em especial pela internet , foge deles.

Se cada um tiver a noção exata de seu tempo cronológico e consciência real de sua faixa etária e se comportar e se conformar a ela, sem dúvida só terá a ganhar e a acrescentar a seus filhos em aprendizado.

“Ensina a criança no caminho em que deve andar,  e, ainda quando for velho, não se desviará dele”,  diz  Pv 22: 6.

Anúncios

Read Full Post »

Dia do amigo?

G x M  180 blNo dia 20 de julho do ano passado anunciado como “o dia do amigo” o  Facebook exibiu muitas mensagens  que um amigo enviava para outro.

Neste ano não vi homenagem alguma,  talvez tenham se esquecido da data ou o dia do amigo na verdade não pegou, foi um furo n´agua como dizem os jornalistas.

O pior dos mundos seria o fato de ninguém mais homenagear outros, por não ter neles um amigo que mereça algumas linhas ou a chamada amizade estar se tornando algo apenas formal.

Muitos dizem “amigo é dinheiro no bolso” nesse caso, são mais amigos do bolso do amigo do que do amigo, e quem não tem amigos, nunca também será amigo de ninguém, pois a amizade se cultiva até dar frutos mútuos.

Amigo seria algo maior que um simples interesse, que uma conveniência,  pois, “a amizade sincera é para o homem o que a água pura e cristalina é para o beduíno sedento”, diz Malba Tahan, o homem que calculava.

Amigo é aquele que está presente até mesmo quando ausente, você conta com ele sempre, no dia da alegria para comemorar juntos, no dia da tristeza para chorar juntos, até na sua morte você confia que ele estará presente  para  pegar em uma das alças do seu caixão, para fazer a você a sua singela homenagem final.

Conheço uma grande nação cujo presidente disse: “nossa nação não tem amigos, tem interesses, e esta é a palavra de ordem para todo um povo, é muito triste se transformar o milagre da vida e seus relacionamentos , num conjunto mesquinho e tacanho de vantagens, porém estou entre os que ainda dizem como em Pv 17: 17 “ Em todo tempo ama o amigo, e na angustia nasce o irmão, e Pv 18: 24, “o homem que tem muitos amigos pode congratular-se , mas há amigo mais chegado que um irmão”.

Se você é meu amigo receba a minha homenagem e gratidão independente de ser hoje o dia do amigo ou não. “Deus te dê vida longa amigo”.

Cláudio pinto pr

 

Read Full Post »

O silêncio

SilêncioEm meus setenta anos ouvi muitas coisas, boas e ruins, ouvi muita música, muita crítica, muito protesto, muita gritaria, muita reclamação, muito júbilo, muito elogio, muitas ofensas, enfim não faltou som e barulho aos meus ouvidos. Graças a Deus tive saúde e pude ouvir todos esses sons.

Porém, todo esse alarido sempre me manteve acordado, alerta, desperto, vigilante, tentando descobrir o que significava e transmitia, pois podia ser útil, ou podia ser inútil, podia me manter na onda ou fara dela, era importante discernir o barulho.

Mas para poder raciocinar, meditar, repousar, sempre precisei do oposto ao barulho, ou seja, do silêncio. Foi nele, o silêncio, que tomei as decisões mais importantes para a minha vida, ele é um aliado do meu travesseiro.

Aprendi que o silêncio fala e que temos que ouvir o que diz o silêncio, temos que aprender a ouvir e a entender o que o silêncio está falando,  pois pior que não ouvir o que diz é ouvir e não entender.

Quando o silêncio estiver falando, fique quieto e ouça, pois o silêncio e suave e manso, é tão frágil, que até  com o mais leve sussurro podemos  quebrá-lo, e então ele se cala e só há uma coisa pior que o silêncio é ele não dizer nada a você.

O silêncio gritante  é o protesto mudo daqueles que não tem voz, as vezes o silêncio e tão frágil que nem tem forças para ferir os nossos delicados tímpanos, outras vezes fala tão alto que não o podemos suportar. E onde ninguém fala nem o silêncio, faz-se um silêncio “insuportável”.

Mas vamos parar por aqui, pois e uma ironia se fazer tanto barulho por causa do silêncio! Afinal ele faz parte do universo,   pois apesar de seu profundo silêncio o universo fala, anunciando a grandeza de Deus, e dia e noite se encontram silenciosamente, glorificando a Deus, e sem linguagem e sem fala,  ouvem-se  as suas vozes,  Sl 19: 1 a 3.

 

cláudio pinto pr – Psssiiuu; quieto, ouça, que o silêncio pode estar falando!

Read Full Post »

Olho A

 

O que é a fé? Hb 11: 1 diz que: “É o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não veem”.

Até então ninguém tinha ressuscitado um morto e ninguém tinha ressuscitado  dos mortos, com Abraão teve esse firme fundamento de fé? Ele creu no que esperava, e no que não viu, ou seja, a fé estava presente nele e a exercitou. Abrão tinha a mesma fé de Jesus,  veja Jo 5: 21.

 

Podemos dizer: Abraão foi um privilegiado, porque Deus lhe deu fé! Não, Deus dá fé a todos, até para abrir os olhos você tem que crer que vai enxergar, você só levanta da cama de manhã porque crê que pode fazer isso, portanto a fé está em tudo e em todos igualmente e até nas coisas mínimas. Porém uns a exercitam e ela cresce e outros não. E Abraão exercitou e desenvolveu a sua fé até ser visto por Deus por sua fé.

 

“A fé vem pelo ouvir diz Hb 11. 1, e ouvir a palavra de Deus”, Abraão ouviu a Deus e creu, e saiu após Ele, e isto o levou a não pestanejar em oferecer a seu único filho em holocausto. Sua fé não era cega, ao contrário ela via o invisível.                 “Nossa fé tem quer tão cega, que nos permita ver o invisível”, como a de Abraão.

 

Diante dessa perspectiva examinemos o caso Abraão: Deus teria se agradado dele  somente por sua obediência ao lhe oferecer Isaque?

 

Assim como dizem que o pecado original é a desobediência, quando na verdade, a desobediência não é causa, mas consequência e toda a consequência tem uma causa original, e no caso a causa foi a  da “falta de fé de Adão”, ao duvidar do que Deus lhe falara em Gn 2: 15, e na dúvida creu mais em Eva e no que seus olhos viam, do que no que Deus lhe falara, e assim comeu do fruto proibido, em Gn 3: 6 aí sim, desobedeceu.

 

A fé leva a obediência, assim como a falta de fé leva a desobediência. A Bíblia diz que a salvação vem pela fé, Ef 2:8, e a fé por ouvir a palavra de Deus, com a fé vem a posterior “obediência”, assim como pela falta de fé vem a desobediência.                É preciso primeiro restaurar a  fé para crer para depois venha a obediência.

 

A salvação vem pela fé, e porque Jesus cria no Pai foi obediente até a morte e trouxe a salvação a todos conforme Jo 5: 19 a 21.                  Continua

 

Read Full Post »

AbraãoAbraão é o patriarca de Israel, dele nasceu toda uma nação que perdura até hoje desafiando o tempo, as ameaças, as perseguições, o ódio, as guerras, etc.

Embora ele habitasse entre pagãos em Ur da Caldeia, e segundo a tradição era filho de um sacerdote, porém  que servia no zigurat, mesmo assim,  Deus viu nele o homem certo para responder positivamente a seu chamado.

Como seria possível se achar entre descrentes, ou pior, entre  idolatras, um homem que pudesse estar isento dessa contaminação, ou livre o suficiente para não ter vínculos espirituais tão fortes, que permitissem a ele abandonar tudo e partir rumo ao desconhecido crendo ou alicerçado somente em promessas? Mas assim foi.

Este é Abraão, o único homem entre todos os habitantes da terra, visto por Deus como apto a sair em busca de seu destino desconhecido, sem olhar para trás nem recuar.  É chamado na Bíblia como o “pai da fé e amigo de Deus”, pois foi o primeiro homem da história a crer no que nunca havia acontecido antes, ou seja, a ressurreição de um morto!

Poucos se apercebem disso, que Abraão foi chamado “amigo de Deus” não  porque ofereceu seu único filho a Deus, mas como disse Jesus, porque amigo é aquele que sabe o que faz o seu Senhor, conforme Jo 15:15.

Abraão sabia e cria no Deus podia fazer,  ou seja, que Deus podia ressuscitar mortos e assim ressuscitar a seu filho Isaque, veja Hb 11: 18. Dele, Abraão,  saiu a semente de  toda uma nação conhecida como “filhos de Abraão”, a nação de Israel, da semente de um homem que mudaria a história da elevação humana ao revelar crer num Deus que ressuscitava mortos. Foi o primeiro homem a crer nisso.

Assim foi o escolhido por Deus para ser a semente de seu  povo o qual seria diferente de todos os povos do mundo, por pretender Deus que fossem um reino sacerdotal e povo santo conforme Ex 19: 6.  De seu lombo sairia um dia aquele que seria o abençoador de todas as famílias da terra, Jesus Cristo, como em Gn 12: 3.

Creio que agora entendemos melhor quem foi Abraão, tão citado por Jesus Cristo nos evangelhos, e do qual disse: “Abraão exultou por ver o meu dia, e viu-o e alegrou-se” conforme Jo 8: 56. Que dia foi esse a que Jesus se referiu?                               Porque Abraão se alegrou, e como viu esse dia citado por Jesus?

Esta a diferença existente entre este homem e os demais, foi a fé,  que o levou a ter essa distinção divina. Você é capaz de avaliar o que ele representou  para a humanidade no plano as salvação divina? A diferença fo a “fé”.

Continua                                                                              Cláudio Pinto Pr

Pense: “Deus escreve certo por linhas tortas, Abraão, como muitos outros na Bíblia, são a  prova disso”.                                                   Nabulus, pensador cristão

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: