Feeds:
Posts
Comentários

Archive for junho \27\UTC 2014

cielo estreladoAntes de fazer o pacto com Abrão Deus vai mudar a sua visão em Gn 15: 5 ao lhe dizer que saísse de sua tenda e que olhasse para o céu:  “Olha agora para os céus, e conta às estrelas, se as pode contar, e disse assim será a tua semente”. Antes, Abrão só estava olhando para a terra, e para as coisas materiais, agora Deus lhe ensina a olhar para o céu e ver as coisas celestiais, lhe dá nova visão de fé.

Agora a sua semente não só será como o pó da terra, a nação de Israel, como terá também uma semente entre as nações, com seu nome, e esta será como as estrelas do céu, a gloriosa igreja de cristo, os filhos de Abraão pela fé de Gl 3: 7. Uma geração na terra, e uma  no céu,  todos gerados em Abraão o pai da fé como está em Gl 3: 29.

Abrão impaciente por sua idade, 86 anos acabou por ouvir a Sarai e quis precipitar o cumprimento das promessas gerando de Hagar, a escrava, a Ismael. Gn 16: 11.

Aos 99 anos, Deus aparece a Abrão e lhe propõe um pacto no qual muda o seu nome para Abraão, “pai de uma multidão de nações”. Gn 17: 4 a 6. Algo novo aconteceu aqui, Abrão já não é mais pai de uma nação somente,  mas a promessa inclui agora ser pai também de uma “multidão de nações”. Porém este é o pacto da circuncisão na carne do prepúcio, entre Deus e o povo que sairá de Abraão inicialmente, e será como o pó da terra, através de Isaque e Jacó, que é Israel.

Deus muda também o nome de Sarai para Sara e confirma que ela será também “mãe de muitas nações”, promessa que fizera antes a Abrão em Gn 17: 4. Os que serão as estrelas do céu são filhos da livre, Sara, e não da escrava, Gl 4: 31.

Creio que agora já entendermos melhor quem seja Abraão,  o herdeiro das promessas, e sua importância no plano divino da salvação por jesus Cristo.

Continua

Pense: João batista disse: “Aquele que vem de cima é sobre todos; aquele que vem da terra é da terra e fala da terra. Aquele que vem dos céus é sobre todos”. Como vemos, existem os da terra e os do céu, Jo 3: 31.

Read Full Post »

Camel A1Os pre diluvianos

A humanidade, caída desde o Jardim no Éden devido ao pecado de Adão, caminhou assim até o dilúvio sem nenhuma oportunidade de salvação.

Após o dilúvio, e do governo humano de Noé, salvo das águas na arca com oito familiares, ter acabado em embriaguez e profundo sono, os quais proporcionaram e ocasionaram a vinda da maldição sobre seu neto Canaã, apesar do aparente fracasso do governo humano do patriarca Noé, as coisas começaram a mudar na história humana. Deus não depende de homens para executar a sua vontade, mas a faz através deles e com a sua concordância.

Até então a Bíblia mostrava uma humanidade decadente, vivendo em meio a anjos que a contaminavam, e gigantes guerreiros, se degradando a tal ponto, que Deus, ao contemplar o que faziam (não é relatado a que ponto chegaram a cair), diz se arrepender de tê-la criado, se propondo em seu coração a destruir tudo, desde o homem e até aos animais conforme está em Gn 6: 6 e 7.

Em meio a toda humanidade existente, somente um homem, por incrível que possa parecer, um único homem, achou graça aos olhos de Deus, Noé, Gn 6: 8.

Deus recomeçaria tudo após o dilúvio, com esse homem, Noé, que com seus familiares somavam oitos almas sobreviventes e  salvas na arca.

Até que ponto pode ter chegado à degradação humana para que fosse  sepultada pelo seu Criador sob as águas do dilúvio como sinal de reprovação? Lc 17: 26 e 27.

Após Noé, as suas gerações trouxeram a vida um outro homem, em quem Deus começaria a mudar a história espiritual da humanidade, através daqueles que como ele tivessem fé e pudessem ver e crer no invisível. Seu nome: Abrão.

Afinal, quem foi Abraão?

cláudio pinto pr

Pense: “O homem natural só pode ver até onde sua vista alcança, o espiritual vê além, pois poder ver o invisível”                    Nabulus, pensador cristão

Read Full Post »

Aprend  obedecrDesde menino sempre gostei de desenhar, e desejei ser um desenhista. Já com dezesseis  anos fazia trabalhos de desenho como free lancer e escrevia uma matéria quinzenal  de humor para o jornal Folha de Interlagos.

Aos dezoito anos tive a minha grande oportunidade na McCan Erickson, uma grande agência de publicidade, mas por estar para prestar serviço militar essa chance passou. Se eu saísse livre eles me empregariam, mas fui ser desenhista no quartel.

Fiz de tudo para sair livre, mas antes mesmo do dia de me apresentar, foi em casa uma viatura do exército e me convocou para estar no Ibirapuera ´para um teste. Se eu quisesse ficar em São Paulo e no Ibirapuera bastava que eu fosse bem no teste, disseram “esta em suas mãos”

O dilema era, se vou bem e estou garantido no quartel no Ibirapuera, mas fora da agência, ou vou mal, e posso perder a agência e ainda ir para o interior servindo longe de casa. Então fiz o natural, nem me esmerei nem fui omisso, fui o melhor dos candidatos e já sabia que teria um ano de serviço na caserna e adeus agencia como realmente foi.

No quartel fui trabalhar na “sala de meios”  setor importante, que atua junto ao comando e elabora as plantas, gráficos, e material de instrução. De cara entendi haver uma rivalidade entre o comandante e o sub comandante meu chefe, e que eu estava, querendo ou não, de um dos lados. Foi me dito, aprenda a se virar, pois aqui, nem pai, nem mãe, nem tios, nem pessoas influentes podem ajudar, nem mesmo m advogado. Aprenda a tratar comigo para não se dar mal, disse o comandante.  Rm 13: 1 e 2.

Isso mudou a minha vida, pois aprendi a deslizar em meio a um ambiente hostil, e me safar das mais difíceis dificuldades, e a saber usar o força do meu lado. Também aprendi, a ter disciplina, a obedecer sem discutir, e a acatar a hierarquia a risca. Tudo isto foi muito bom para min na igreja, e creio que todos os jovens deveriam passar pela experiência do exército em especial os cristãos, pois entenderiam rápido o que significa “exército de Deus”.  Jr 32: 14.

Fui aprovado no curso de cabo, mas apesar de muitos convites,  não quis continuar a carreira militar, ainda pensando em ser um desenhista, o que acabei sendo até hoje.

Pense:  “ A igreja é o exército de Deus, se tiver a disciplina, a obediência a unidade e as estratégias do Senhor, não se divide, e resiste ao inimigo.

Read Full Post »

lava-pes - 200Quem é o verdadeiro pastor?                                                                                                                                                 Alguns dizem que somente Jesus Cristo é pastor, e nenhum homem tem essa honra na terra.

Porém se olharmos a Bíblia, veremos que, Jesus Cristo é o Salvador, o Senhor, o cabeça da igreja, O Filho de Deus, o unigênito de Deus, o primeiro e o último, o alfa e o ômega, o que foi morto e que vive para sempre, e tantos outros títulos a si atribuídos.

Entre eles Jesus é também o bom pastor do Salmo 23, como é também o mestre de Jo 13: 13.                                Creio que cuidar de ovelhas seja o menor título que Jesus poderia ter, como está em Ef 4: 11, em relação as funções na igreja, lá estão em primeiro lugar,  apóstolos, em segundo, profetas, em terceiro,  evangelistas, e no final em quarto, pastores e doutores juntos.

Atribuir a Jesus o título de pastor, não é engrandecê-lo a meu ver,  ele também o foi, mas é retirá-lo do trono de Rei dos reis e Senhor dos senhores, onde hoje se assenta a destra de Deus nos céus, tendo lá subido e submetido autoridades anjos e potências, 1Pe 3:22,  para querer eternizá-lo na terra junto as suas sofridas ovelhas. Jesus voltará, mas não como o servo sofredor, como em sua primeira vinda, mas como Rei, como o Sol da justiça, com toda a honra e glória, como juiz de vivos e de mortos, como Senhor dos senhores.

Talvez, seja apenas o homem que dá tanto valor a um título de pastor de ovelhas, isso devido a está função que é somente ministerial,  ter-se transformado na função máxima da igreja.

Hoje atacar o título de pastor, quando temos, bispos, apóstolos, patriarcas, e em breve talvez, semi-ou vice deuses, e algo sem sentido, o termo pastor já está desgastado pelos maus servos que não o honram,  e pelos que não tem limites em quer ser engrandecidos entre os homens.

Mas toda a honra e homenagem ao verdadeiros pastores de ovelhas, fieis, humildes, íntegros, idôneos, que estão postos para servir e não ser servidos, a estes parabéns em seu dia,  que na verdade se estende pelos demais 365 do ano, pois o são por vocação e não por título.

Cl[áudio pinto pr

Pense: “Eu não sou pastor, mas por vocação e chamado estou pastor”

Read Full Post »

Meus setenta anos

70 blO que pensa um homem de setenta anos? Só responda se você tiver setenta anos ou mais, pois, setenta anos,  foi o tempo que levei para descobrir o que pensava um homem de setenta anos, aos sessenta e nove ainda não se esta pronto e maduro o suficiente para isso.

O tempo nos ensina a pensar, e devemos anotar nossos pensamentos, pois nos vamos e eles ficam, o que fica do homem são as suas ideias, ou então um frio: “aqui jaz”. Portanto escreva e deixe o seu legado,  pois ele pode inspirar alguém a realizar o que você só imaginou.

Aos setenta anos, olhando para trás uso um binóculo, mas ao olhar para  a frente uso apenas os meus óculos. Os meus erros foram o alicerce sobre os quais construí os fundamentos  para poder acertar, pois ao dizer “errei”, começo a acertar o meu erro. Errar não é vergonhoso, mas não acertar por medo de errar é pungente.  Saiba que a tentativa e erro é a forma mais rápida para se chegar à tentativa e acerto, tente sempre, acerte quando for possível.

Um bebê me ensinou, que ainda vale a pena ser inocente, um jovem me ensinou, que: não devo ser um sonhador, mas não posso perder a capacidade de sonhar, um homem simples me ensinou o que os poderosos não puderam me ensinar, a humildade, um ancião me ensinou que um velho deve almejar ter o vigor de um jovem, para melhor exercitar a experiência de um velho, e um velho me ensinou que, o ideal é se ter em plena sintonia as idades física e mental, para melhor usufruir delas, o Alzheimer me mostrou que um homem que perde a capacidade de pensar, só existe, mas já não é.

Vi que o casamento e perda, e que fracassa por todos quererem ganhar ao se casar, o erro não é o casamento,  mas a expectativa errada que se tem dele, se todos perderem um pouco, todos ganharam muito, até mesmo os filhos.

Vi que Deus criou todas as coisas,  até mesmo ao ateu que o nega, e que para o grande pecador tem também um  grande perdão, e é tão bom que perdoa a todos os pecados com um só perdão, e é tão sábio que através da Bíblia, se revela ao homem, e revela ao homem  o próprio homem. Quem conhece a Bíblia fica conhecendo a Deus e a si mesmo.

Que o cristão vive da esperança, e que a esperança é a última que morre, assim quando eu me for, deixarei  a vocês a minha esperança, que vocês a mantenham e que ela mantenha vocês como manteve a mim.

Aos setenta anos aprendi a entender, que há pouco tempo, e muito ainda a aprender.  Que Deus me ensine há contar meus dias e ainda alcançar um coração sábio,  ao menos.

Aos setenta anos, setenta vezes repito: “ glorias a Deus meu Salvador nas alturas.

Cláudio Pinto Pr  (um Ph.D –“ Pequeno homem de Deus”)

Pense:  “filosoficamente, penso, portanto existo, fisicamente, existo, portanto, penso, existencialmente, enquanto penso ainda existo”.                    Nábulus, pensador cristão

Read Full Post »

Duas rosasCheguei aos setenta anos de idade, um milagre para quem desde  os dez anos  tinha os chamados  disparos no coração, mas vivi até o tempo que a medicina mapeou o circuito elétrico do coração e  achou a terapia para tal problema.

Em menino gostava de correr, nadar, mergulhar, jogar futebol, até que por este mal, me vi impedido por temor, de fazer a maioria dessas coisas, como não queria a piedade de ninguém este era um segredo que poucos entendiam.

Seria terrível estar numa partida de futebol e ter que pedir para sair porque estava com o coração disparado, esta possibilidade me arrepiava, ver  todos ao meu lado tentando me socorrer, e ajudar, essa ideia me assombrava. Eu tinha em mente a imagem de um rapaz que tinha ataques epiléticos e que em crise, se esganiçava rolando pelo chão e babando, com todos a socorrê-lo. Achava muito pungente aquele espetáculo que me constrangia.

Meu pai trabalhava na Light e seu chefe morava ao lado do Colégio Arquidiocesano , seu quintal ficava atrás da quadra e as bolas que ali caiam não voltavam, ele irritado as recolhia e dava para meu pai sabendo que tinha dois filhos. Incrível, eu era pobre, mas mesmo assim era então o “dono da bola” literalmente.

Como diria para os meu amigos que não iria jogar, mas que poderia lhes emprestar a bola!!!  Foram tempos difíceis que se estenderam até os cinquenta anos de idade quando então um médico cardiologista, sabendo que eu tinha me submetido a todos os tipos de exame, até ao cateterismo,  sem nenhum resultado,  me anunciou existir uma nova terapia.

Fui então para o exame de cardio estimulação trans exofágica que acusou uma fibra elétrica que quando ativada provocava um curto circuito e o posterior disparo. Uma ablação pôs fim no problema aparentemente, pois até hoje não tive mais ocorrências, graças a Deus.

Porém, esse mal  que me impediu de tanta coisa,  não me impediu de me converter e desde os trinta e cinco anos me dedicar integralmente ao Senhor, após ler a Bíblia em um hospital.                      Orei por muitos,  e vi muitas curas feitas por Jesus, e nunca me revoltei por isso, passei a considerar que este era o meu espinho na carne e pronto, com ele viveria ou morreria.

Aprouve a Jesus me levar pelos caminhos da cura através de um médico que até  hoje consulto e acompanha o meu caso. Espero que um dia esse médico se converta, ele sabe que sou pastor, eu o respeito, mas se me der oportunidade pregarei a ele a verdade, sem dúvida.

Por ora, agradeço a Jesus por ter me curado, e se um dia morrer do coração, darei graças a Deus por já  ter vivido muito mais tempo do que imaginava viver. Obrigado Jesus.  Ef 3: 20.

Cláudio Pinto Pr  (Ph.D –“ Pequeno homem de Deus”)

Pense: “Com doenças o inimigo pode te impedir de fazer muitas coisas, mas não pode te impedir de se converter e de servir a Jesus.                      Nábulus,  pensador cristão.

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: