Feeds:
Posts
Comentários

Archive for abril \30\UTC 2014

A S com texto IIHá 20 anos atrás em Imola, a vida de um grande e obstinado esportista se esvaiu, parou na curva Tamborello, que testemunhou o trágico ato final de uma carreira brilhante que em verdade nunca terminou.                                                                                                                                                      Ainda hoje sua memória permanece,  sua imagem e vívida na mante de cada um  em cada autodromo por onde passou escrevendo velozmente a sua história.                                                                                                                       Sua morte comovente e chocante serviu para por na pole position a segurança dos pilotos.                                                                                                                                                 O Brasil perdeu um de seus maiores representantes, e passadas duas decadas, ainda parce que sua partida ocorreu ontem. Ele faz falta nas manhãs de domigo de muita gente. Ele falhou como muitos, mas buscou a perfeição como poucos. i

Num país de ídolos egocêntricos e vazios, cheios de vaidade, melindres, arrogância, e via de regra, sem nenhum idealismo e objetivo que não sejam, o lucro, a exaltação pessoal, o ufanismo, e o próprio bem estar, e com uma proposta social tão forte e firme, quanto a palha lançada no fogo ardente, alguém que deixou o exemplo de ser um lutador integro, ter um objetivo definido, ter espírito de misericórdia e de campeão,  e com um propósito de vida, mesmo com todas as falhas que possa  ter tido,  nunca deve ser esquecido por nós.

cláudio pinto

 

Anúncios

Read Full Post »

Lavando as mãos

Lav maõs II SH8 VPara Pilatos o governador romano da região da galileia, exercer tal cargo na ocasião da páscoa judaica, período normalmente conturbado por lembrar a libertação do povo da escravidão do Egito, povo que agora era escravizado pelos romanos, foi um momento dramático.

Não bastas-se as turbações naturais da época a esta se somava mais uma, um líder popular de grande prestígio por suas pregações públicas e curas, se aproxima de Jerusalém e anunciava que iria entrar nela para as festividades da páscoa. Seu nome: Jesus Cristo,  o Messias.

Para Pilatos não havia pior momento para que isso ocorresse, e para tornar mais densa a situação sua esposa recebe em sonhos um aviso de que Pilatos não deveria se envolver com esse justo, Mt 27: 19, e o transmiti a ele aumentando a sua angustia e ansiedade.

Afinal Pilatos era alvo dos romanos por ser o responsável pela paz e tranquilidade de tão explosiva região, e era cobrado sob ameaças,  caso a paz fosse afetada,  ou houvesse qualquer levante social no local.

Por sua inimizade com Herodes, este lhe transferiu a espinhosa missão de julgar a Jesus, que sendo judeu, deveria ter sido julgado por ele, Herodes.

Pilatos recebeu a Jesus em condições críticas, em sua mente os alertas de sua esposa, por detrás de si a pressão do sumo sacerdote e seu séquito judaico, por cima as advertências severas de Roma pela preservação da paz.

Pilatos não viu crime algum em Jesus e declarou isso,  porém lhe afirmou que tinha poder para salvá-lo e para condená-lo, Jo 19: 10,  e se tornou refém de sua própria palavra, pois não exercendo esse poder o inocentando seria injusto, e o exercendo e o condenando,  seria culpado. Nada fazendo seria omisso, e foi o que escolheu, lavando as mãos diante de todos.

Muito mais que por qualquer outra coisa, Pilatos entrou para a história por ter lavado as mãos, ato no qual deixou registrada sua omissão e todas as suas dúvidas, ansiedades e temores.

Cláudio Pinto Pr

Pense: “Muitas vezes é  lavando as mãos, que permitimos que elas se tornem sujas”.                            Nábulus, pensador cristão.

Read Full Post »

1 + 1Os privilegiados da sorte

Existem pessoas privilegiadas, para quem as oportunidades sempre surgem e as portas sempre se abrem, nem eles entendem muitas vezes o porquê.                                                             Existem também os que tem amigos influentes, e sempre recebem muita ajuda  e apoio quando precisam.                                                                                                                                                                                   Existem outros que tem amigos ricos, e administram bem isso e  se beneficiam sempre da amizade.                                                                                                                           Existem os que  que trabalham em cargos que permite vantagens de todo tipo, e ele e seus amigos sempre são favorecidos.                                                                                                                          Existem os que tem poder e o partilham as benesses com os que os acompanham e fazem parte de seu cotidiano.                                                                                                                                                             Existem pessoas que ocupam cargos de autoridade e tem todas as vantagens dessa posição, e favorecem a seus chegados.                                                           ,                                                                        Existem pessoas  abastadas que são muito espertas, e conseguem tudo o que querem na vida, vivem cercadas de “amigos” que os aplaudem e lisonjeiam.                     Todos estes sabem o que querem e para eles amigos são em geral, “interesses”.

Os necessitados

Existem pessoas que lutam individual e bravamente, sem grandes amigos ou influências,  se  dedicam e se esmeram,  e vivem sempre a espera de dias melhores, de melhor sorte ou oportunidade, e a espera de uma boa notícia.  Sem amigos poderosos,  influentes, ou  abastados, não tem a quem recorrer.  Muitas vezes competentes, honestas dignas,  porém desafortunadas, para quem as portas estão sempre fechadas, contam assim, somente com suas próprias forças.

Este é um mistério da vida, o favoritismo de berço é um grande enigma.

Porém estes dois grupos estão juntos, na terra e até mesmo na igreja, caminham paralelamente se ignorando, um lado talvez,  por  conveniência, outro lado, talvez,  por mera  insignificância. Mas aqui estão juntos as vezes na mesma fé.

Não sei onde estarão na eternidade, mas desejo a eles o melhor,  e  gostaria que todos  o conseguissem. Como sou limitado e não sou juiz nem de mim mesmo, só penso, e deixo aos sábios e a  cada um a resposta, conforme Am 3: 3.

Pense: “A fé pode fazer de caminhos deliberadamente tão opostos, rotas que ao final cheguem ao mesmo destino?”            Nábulus, pensador cristão

Cláudio Pinto Pr

Read Full Post »

P Da oraçãoUma ocasião um irmão me procurou em casa, pois tinha serias queixas a fazer contra seu líder, no grupo de jovens da igreja. Esse líder por coincidência, era também seu chefe na seção onde trabalhava secularmente, e ele era quem o havia colocado neste posto de trabalho.

A queixa toda era devido ao chefe e líder espiritual não ser na empresa o que era na igreja, ou seja, ali ele não orava, não permitia que alguém parasse o seu trabalho para orar, etc.                               Para piorar se ele chegasse atrasado, ou faltasse, o líder/chefe nunca se punha como alguém a justifica-lo ou defende-lo, etc.

Ele era um fariseu que na igreja era uma coisa e na empresa era outra bem diferente!

Na verdade, eu já supunha desde o início do que iria ouvir, pois havia sido prevenido sobre o que estava ocorrendo entre ambos na empresa, pois o seu líder estava bastante aborrecido com ele por sua falta de percepção para diferenciar entre igreja e trabalho secular.

Anotei no relógio a hora em que ele começou a falar contra o líder e dei toda a liberdade que falasse sem o interromper, ele falou exatamente por 38 minutos contra seu líder/chefe até  terminar de expor as suas queixas quando me disse: é isso, o que eu tinha a dizer.                                           Queria saber o senhor pensa e vai fazer sobre tudo isso?

Olhei para ele e respondi: Bem eu te ouvi por 38 minutos, nos quais você deitou falação contra o seu benfeitor na empresa e líder na igreja. Agora eu penso que de início, você deve orar por ele por 38 minutos, ou seja,  o mesmo tempo durante o qual você falou mal e fez queixas contra ele, deve orar por ele, para após podermos conversar sobre o que fazer, o que acha?

Bem, ele entre surpreso, e constrangido, concordou, oramos por 38 minutos a favor do líder, e encerramos o assunto, após, nunca mais ele veio se queixar dele para mim.

Cláudio pinto pr

Pense: “a morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto”. Pv 18: 21.  Lembre-se: “Há frutos que são docês na boca, mas amargos no ventre”.

 

 

 

Read Full Post »

O que é a verdade?

Figura1Em um momento dramático de sua vida, Pilatos, o líder romano que  ficou incumbido da tão espinhosa tarefa de interrogar a Jesus, estava  aflito, perturbado,   querendo  entender melhor a situação. Estava  em grande confusão mental e em crise de consciência,  por não ver nenhum crime em Jesus,  o qual lhe falou sobre a verdade.  Pilatos , então lhe  pergunta:                O que é a verdade?

A resposta de  Jesus foi o silêncio.  Ora, se alguém está diante da verdade,  podendo  vê-la e tocá-la, e não  a  vê,  de que adiantariam palavras para convencê-lo?

Porque Pilatos estava em crise? Ele era o governador  romano da Galileia e tinha sobre si toda a responsabilidade de manter a paz da região mais turbulenta  do império romano.  Como se aproximava  a data da páscoa judaica que comemora a libertação do  povo do Egito, e este povo agora estava sob o domínio romano, Pilatos estava na alça de mira de Roma.

Sofria uma pressão tripla, Roma lhe cobrava domínio e paz  sobre a região, os judeus queriam que justiçasse a Jesus o condenando, seus seguidores queriam  que Pilatos liberasse a seu mestre.

Se ele absolvesse a Jesus como queria fazer , teria sobre ele a ira dos sacerdotes que insuflariam uma rebelião no local,  o que lhe traria serias consequências da parte de Roma.                                                         Se o condenasse não vendo nele culpa,  como manifestara, e tendo sido alertado sobre isso por sua mulher, estaria em  crise por ter entrado nessa questão e a ter definido, ainda que sem nunca ter desejado isso. Está num dos maiores dilemas da história e isolado para a decisão.

A pergunta é quase uma questão de desespero, estando em meio a tantas verdades, pois cada um tinha a sua, Os fariseus, os saduceus, os Zelotes, os herodianos,   os romanos, cada grupo tinha uma verdade e a julgava como sendo a correta.  Jesus então lhe diz em momento tão dramático: “todo aquele que é da verdade ouve a minha voz”,  Jo 18: 37.

Diante de tantas “verdades” Pilatos pergunta o que é a verdade?  Como não podia ouvir a voz de Jesus por não ser da verdade, a sua solução foi o “lavar as mãos” de seu sangue,  Mt 27: 24.

Pense:   Porém, “mãos limpas”,  só com a lavagem da água pela palavra conforme Jo 15: 3 e Ef 5: 26.

Cláudio Pinto Pr

Read Full Post »

O primeiro de abril

Sap I a  1 de abrilHoje é o primeiro de abril, o  dia da mentira, e isso é verdade.

Porque o primeiro de abril é o dia da mentira, na verdade, não sei, mas sei que é.

Na verdade, o mundo vive na mentira, pois a mentira é própria daquele que rejeita a verdade, e o mundo rejeitou a verdade, então,  se o mundo vive na mentira, assim, hoje deveria ser  um dia como outro qualquer para eles, um dia comum e não comemorativo.

Nesse dia eles aproveitam para contar uma mentira daquelas, grande, se é que mentira tem tamanho, porém se vivem na mentira como diz Jo 8: 44, deveriam aproveitar o dia de hoje para ser diferentes e contar uma verdade, ainda que não acreditassem nela e pensassem ser ela uma mentira.

Podiam dizer,  por exemplo, que tinham acreditado que Cristo salva e se convertido,  pois assim,  mesmo mentindo quanto a conversão,  estariam  dizendo uma grande verdade, que Cristo salva,  embora isso  para eles pudesse soar  como uma grande mentira de primeiro de abril.

Quando um deles fala o que pensa para outro, e este reage indignado, eles dizem : é,   a “verdade dói”, talvez por isso não gostem da verdade, por que  acham que ela dói,  enquanto para nós ela tira a dor e conforta.

Em verdade, hoje, primeiro de abril, nem o maior mentiroso acredita numa mentira, por saber ser o dia dela, portanto se tiver que contar uma,  deixará para fazê-lo no dia seguinte quando terá a chance de vê-la aceira e crida.

A grande verdade é que no dia da mentira ninguém crê nela, no seu dia a mentira encontra a sua grande verdade, ela descobre que é sempre uma mentira e que para ela todo dia é “primeiro de abril” o seu dia.

Para os dá verdade, o primeiro de abril é o dia que o mundo se olha no espelho, e vendo o que é, não crê no que vê refletido, prefere crer que aquela verdade é  uma mentira de primeiro de abril, o que muito natural.

Jesus disse em Jo 14: 6: “ Eu sou o caminho, é a verdade e a vida.  Ninguém vem ao Pai senão por mim”. Eu creio nisso o dia todo e todo o dia.  Jesus te ama, crês?

No primeiro de abril, seja você o que “primeiro abriu” seu coração  para Jesus.

Abraços verdadeiros.

cláudio pinto pr

Pense: “O que é a verdade? É aquela que em meio a todas as mentiras permanece imutavelmente sendo a verdade”.                       Nábulus, pensador cristão.

 

 

 

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: