Feeds:
Posts
Comentários

Archive for fevereiro \27\UTC 2012

Labaredas de fogo

Os tessalonicenses eram homens de fé crescente, cheios de abundante caridade uns para com os outros, muito pacientes, provados nisso, nas aflições e perseguições que sofriam por causa da fé, a tudo suportando. 1Ts 1: 1 a 4
Se portando desta forma seriam tidos no juízo como dignos do reino de Deus pelo qual muito padeciam, pelas mãos de seus algozes, e assim sofrendo tornavam justo diante de Deus, aos que os atribulavam,que sofressem também como pagamento as mesma s tribulações, 1Ts 1: 5 e 6, embora eles pessoalmente não se vingassem obedecendo a  Rm 12: 19
A promessa é que os que são atribulados por amor a Cristo, sendo fieis e obedientes a sua doutrina, quando na manifestação de sua vinda desde o céu a terra, com os anjos de seu poder, serão causa de juízo sobre os homens que formam dois grupos, sendo o primeiro dos que não conhecem a Deus, e o segundo dos que não obedecem ao evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo. 1Ts 1: 7 e 8. Ora os que não conhecem a Deus, são os descrentes, os ímpios, escolheram esse caminho. Porém, os que não obedecem, conhecem o evangelho, e por não o obedecerem serão tidos como dignos do fogo revelado em Hb 12: 29.
Deus vingará a seus servos, vindo sobre eles como “labareda de fogo” e os condenando a eterna perdição ante a face da sua glória e de seu poder.
Assim o não obedecer deliberadamente ao evangelho de Cristo, torna aquele que o conhece tão sujeito a juízo quanto o que é descrente,  este é um alerta precioso aos crentes de hoje: Jesus volta “como labareda de fogo, tomando vingança dos que não conhecem a Deus e dos que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo. De qual desses dos dois grupos você faz parte hoje?

Cláudio Pinto

Read Full Post »

Read Full Post »

É Deus que nós santifica pelo seu Espírito como está explícito em 1Co 6: 11, porém cabe a nós nos apresentarmos como alvos de sua santificação conforme Rm 6: 19, se antes éramos servos do pecado para a morte, hoje somos servos da justiça para santificação, pela lavagem e justificação do Espírito Santo e sabemos como está em 1Ts 4: 3 e 4,  que está e a vontade de Deus para nós.  Foi para isso que Deus nos chamou das trevas para a sua luz.
Somos seres triúnos, formados de corpo, alma e espírito, Deus quer que tenhamos nosso espírito santificado como determina em  2Ts 2: 13 ou seja, que se sejamos de Jesus e andemos como Ele andou, conforme dito em Cl 2: 6, e 1Jo 2: 6, busquemos subjugar o nosso corpo com suas concupiscências, coforme 1Co 9: 27.
Sabemos que sem paz e santificação ninguém verá o Senhor, Hb 12: 14, e que próxima está a sua vinda, tendo consciência que Deus não nos chamou para a imundícia, mas para a santificação conforme 1Ts 4: 7, e quer nos achar conforme
2Pe 3: 14, como Ele é santo sejamos santos em toda a nossa maneira de viver, como está em 1Pe 1: 15.
Que quando Ele vier com todos os seus santos estejamos em caridade uns pra com os outros e para  com todos, e em paz  e irrepreensíveis em santidade diante dEle, e como fomos exortados de que maneira deveríamos andar para agradar a Deus, assim andemos, 1Ts 4: 1, para que se cumpra em nós o que está prometido em 1Ts 4: 23: 24: “E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. Fiel é o que vos chama, e ele também o fará”.

Cláudio Pinto

Read Full Post »

Os jovens e a igreja hoje

Tenho saudade dos tempos de escola dominical com todas as faixas etárias presentes no domingo no templo para estudar, debater, aprender a Bíblia. Sl 27: 4.
Crescia-se na igreja  aprendendo a sã doutrina, sem ter as dúvidas que permeiam hoje a cabeça dos jovens. Nada de bebida, tatuagens, brincos e piercens, e de tanta vaidade e mundanismo na mocidade, era uma juventude que buscava a Deus e a santidade, desperta, tinha objetivos definidos em relação a obra, e a Cristo.
Por muitos anos fui o superintendente da escola dominical e ministrava a um grupo de jovens, dos  quais nove se tornaram pastores e estão em atividade hoje em lugares diversos. Frutos pessoais?  Talvez, mas certamente, frutos  de um tempo de dedicação e empenho de todos pelas coisas santas do Senhor.
No aniversário de um jovem, eles porfiavam  para serem escolhidos como o pregador do evento, queriam se exercitar e ser vistos em seus progressos pessoais, para garantir serem instrumentos futuros na mão de Deus. A nossa preocupação era somente monitorar e não permitir exageros espirituais próprios aos jovens.
Que diferença para muitos jovens de hoje, todos sofisticamente decorados de tal forma que se confundem com o mundo exterior, muitas vezes o mundo passa a seguir as extravagâncias deles, incentivadas pelos pais e líderes espirituais que justificam com textos bíblicos distorcidos todas as suas estultícias.
Hoje, namoro santo, castidade, pureza, é coisa para retardados e ignorantes, santidade e raiz de problemas, deve ser evitada, a ordem e: comamos e bebamos que amanhã morreremos, 1Co15: 32. Para onde iremos depois?
Jovens,amo vocês, mas Jesus ama muito mais, tendo morrido para vos salvar.

Cláudio Pinto Pr

Read Full Post »

É dito a voz corrente nos meios cristãos que “Deus não olha as aparências, mas o coração, ao que  nós sempre retrucamos dizendo: “Deus não olha as aparências, mas olha  a santidade delas, pois elas revelam do que está cheio o coração, pois do coração procedem as manifestações exteriores” conforme Mt 15: 18 a 20.
Não podemos como cristãos permitir que a aparência do mal prevaleça, por exemplo, não posso estar numa mesa onde todos se embebedam, sem passar a impressão de que eu também esteja me embriagando. Como provar que participando daquela mesa eu não compactuava com ela? Me recusar a sentar nela,  ainda que conheça um ou mais de seus componentes, é uma questão de prudência pessoal e de amor ao mais fraco que pode tropeçar naquilo que imagina ter visto, ainda que não fosse verdadeiro. Não podemos servir de tropeço a ninguém.
Disse César, imperador romano, após defender a sua mulher no tribunal e a colocar no ostracismo em casa por má fama: “A mulher de César não basta ser honesta, tem também que parecer honesta”. Ora, se o imperador dos ímpios tem esse conceito, como  é possível que os santos servos do Senhor não o tenham? É preciso zelar pelo nome de Cristo, corpo ao qual pertencemos, agindo sempre com bom senso e resguardando o espírito de santidade de 1Ts 4: 8. Nos lembremos de 1Co 6: 19 e 20 que diz que o nosso corpo pertence ao Senhor e não é mais nosso, e que de tudo o que fizermos com ele daremos conta no dia do juízo, conforme Rm 14: 12 e 2Co 5: 10. A pergunta é: Diante disso, que tipo de pessoas nos convém ser  em santo trato e piedade?  2Pe 3: 11 e 2Co 7: 1.

Cláudio Pinto

Read Full Post »

Read Full Post »

2012 e as profecias

Muito se te falado das profecias Maias para o ano de 2012, e no pacote estão Nostradamus, a profecia Holp e tantas outras que dizem coincidir. Independente dessas profecias, sabe-se que este ano é propício aos chamados ventos solares em seu ciclo máximo. O Sol lança no espaço continuamente sua massa coronal, contendo os temíveis raios gama, que ao atingirem a terra podem destruir por sobrecarga, toda a eletricidade do planeta. Todos as usinas e todos os transformadores se incendiariam e levaria meses para serem reparados. Com tudo no planeta dependendo da energia elétrica isto seria o caos, nada funcionaria, nem mesmo teríamos água, pois esta depende da eletricidade, nem hospitais, bombeiros, postos de abastecimento, polícia, etc. Teríamos instalada a pior situação que o mundo jamais teve, Mt 24: 21. Ocorrendo isso se calcula haveria no mínimo seis meses para se restabelecer a ordem precariamente, e o resultado seria simplesmente catastrófico. Morte, cadáveres, pestes e pragas se amontoariam nas ruas e isso atrairia as feras do campo, pois a cidades estariam vulneráveis. Ap 6: 8. É inimaginável o que aconteceria de maligno num tempo de aflição como este. A única esperança para os fieis é: “O arrebatamento da noiva” com sua retirada da terra conforme anunciado em 1Ts 4: 13 a 18, e 1Co 15: 52 a 54, essa será a única saída possível para se fugir dessa situação. Que sejais achados vigilantes e de pé, conforme Lc 21: 36, e conservados por Deus irrepreensíveis em santidade em todo o vosso corpo, alma e espírito, para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. 1Ts 5: 23. Você está pronto para esse evento? Cláudio Pinto Pr

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: