Feeds:
Posts
Comentários

Figura1 DA ampl

Um dia na terra existiu um homem chamado pelo singelo nome de Jesus, que embora simples, mudou a história da humanidade. Um dia, estando nas bodas em Caná da Galileia, acabou-se o vinho. Jesus, então um desconhecido, pedindo aos serventes que enchessem sete talhas de pedra com água, as transformou em vinho, e da melhor qualidade, fato que era oculto aos sábios e entendidos presentes, mas o sabiam os humildes , ou seja, os serventes, Jo 2: 9.

O mesmo Jesus purificou um leproso Mt 8: 3, apenas ordenando a cura com a boca, ordenou a cura do criado do centurião de Cafarnaum a distância, Mt 8: 13, curou a sogra de Pedro ao tocá-la só com a sua mão fazendo a febre desaparecer, Mt 8: 15, reprendeu os demônios alojados no homens gergesenos, Mt 8: 29, e curou o paralitico de Capernaum Mt 9: 8. Na sequência uma mulher que há doze anos tinha um fluxo de sangue, quando tocou em suas vestes crendo que seria curada, o foi, Mt 9: 22, após curou dois cegos, tocando os seus olhos, com as mãos, Mt 9: 30, e fez falar um mudo do qual expulsou um demônio usando somente a voz, Mt 9: 33.

Em Mt 12: 13, Jesus curou um homem que tinha uma mão mirrada, e num dia de sábado o que era visto como proibido pelos judeus, e após, multiplicou pães, e com cinco pães e de dois peixes alimenta mais de cinco mil homens, Mt 14:13, fora as mulheres e crianças. Em Mt 14: 22 a 36, Jesus anda por cima do mar, e para os céticos crerem, o faz de novo em Mt 15: 29.

Em Mt 17: 1 a 13, Jesus se transfigura diante de três de seus discípulos e ao contrário do que muitos céticos dizem, nenhuma luz apareceu no céu, mas a luz surgiu de dentro do corpo de Jesus se expandindo para fora, Mt 17: 2 e Lc 9: 29, e apareceram Moisés, que morreu e teve seu corpo levado por Deus, e Elias, que não morreu, e foi levado por Deus vivo, e num redemoinho de vento, ambos agora já em glória, como serão todos os que creem e receberem a Jesus. Isto é tão espantoso para os céticos, que tentam explicar o milagre elucubrando e criando luzes, objetos e fatos inexistentes no texto. O único extraterrestre na cena era Jesus, pois era do céu Jo 3: 31, e isso os céticos se recusam a crer mas é natural para os que creem em Cristo.

Jesus dormia no barco este foi açoitado por enorme tempestade e os discípulos assustados o acordaram, e Ele reprendeu o vento e os mares e tudo se fez calmo, Mt 8: 23 a 27, o que maravilhou os seus discípulos. Ele tinha poder para repreender os ventos, o mar, e a natureza, só usando uma coisa, a sua “voz”, essa era toda a sua tecnologia divina a voz, Jo 1: 1. Nem vamos falar das ressurreições de Lázaro e da filha de Jairo, e do filho da viúva de Naím, pois o que para os céticos é um espanto, para Jesus ressuscitar mortos era algo corriqueiro e simples, pois nele estava a vida. Vou parar por aqui, pois como diz a Bíblia em Jo 21: 21, se fosse narrado tudo o que Jesus fez, nem em todos os livros do mundo caberiam, Jo 21: 25.

Vejam que Jesus fez tudo o que fez só usando as mãos e a voz, sua saliva, terra, e coisas simples como estas, e só ajudou e ensinou o caminho verdadeiro a todos os que o procuraram, só fez e ensinou o bem, o amor e a justiça, e mudou a história da humanidade. Hoje se gasta muito dinheiro para promover mitologias, tradições e fábulas, com elucubrações vãs, e duvidosas por sua origem, e se dá todo crédito a tudo, mesmo sendo ilógico, e sem nenhuma serventia a humanidade, tanto que ninguém hoje sabe como construir pirâmides, nem erguer imensos blocos de pedras, nem fazer martelos ou bumerangues poderosos e destruidores entre outras coisas maléficas. Mas nenhum crédito se dá a verdade que quando citada o é com ironia sarcasmo e inverdades. Se espantam que supostos seres alienígenas possam mexer com a natureza, fazendo chover, ou haver terremotos, etc., e exaltam a tremenda tecnologia que se supõe tinham, e ignoram que Jesus o fazia, e melhor, só usando a sua a mente, autoridade, vontade, as mãos e a voz. E com seu sangue selou a nova aliança entre Deus e os homens.

Quão maior é Jesus dos que todos os sábios deste mundo louco e desvairado que seguem a coar o mosquito e engolir o camelo a cada dia, Mt 23: 24, e que se conhecessem a Jesus poderiam ter os seus olhos abertos e passarem a ver e ser muito mais úteis ao mundo e a humanidade, e até a si mesmos em primeiro lugar. E poderiam ser já ressurretos hoje , e aguardarem o porvir e a glória eterna. Mas escolheram outro caminho, é a escolha é livre e de cada um e é acatada por Deus, e cada um determina seu próprio destino imutável e eterno.

Quanto a mim digo,”ora vem Senhor Jesus”, o Rei dos reis e Senhor dos senhores, Ap 22: 20. cláudio pinto pr

Pense: “Entre as fábulas do passado e a verdade bíblica do futuro, fico com está”.

Anúncios

LA 5

Independente de se crer ou não nessa hipótese, nada temos contra o seu estudo e pesquisa em especial quando se baseia em citações e argumentos científicos como apoio o que poderia ser interessante como exposição. Porém, as abordagens do tema deveriam ser feitas de forma a transmitirem a sensação de seriedade, lógica e respeito, como requer os bons debates sobre um assunto tão delicado, por envolver a crença de muitos e por não ter a diversidade de opiniões , canalizando somente opiniões favoráveis.

Infelizmente é o que vemos nas exposições, onde se crê em qualquer possibilidade que de respaldo a proposição, sem ter sequer o cuidado com a sua compatibilidade e realidade. O fato de pessoas terem consciência ou lembranças de fatos e coisas passadas, não é por si só prova de que se viveu anteriormente. Eu mesmo tenho lembranças de coisas que ouvi quando ainda considerado um alienado nenê, mas que entendi e ficaram na minha memória. Ademais fotos, filmes, objetos, e coisas que vimos, anteriormente, podem emergir e transmitir sensações como se fossem lembranças remotas.

Quem já não chegou em um lugar e sentiu a sensação de já ter estado lá? Quem já não viu uma pessoa pela primeira vez e teve a sensação de já a conhecer? Quem já não anteviu uma situação, que em seguida realmente ocorreu? Quem já não disse: estava pensando em você agora! são todas coisas corriqueiras da vida a qual já tivemos explicações absolutamente lógicas e aceitáveis de especialistas em analises de nossa mente. Mesmo o fato de se ter recordações passadas e julgar que se viveu antes por isso é muita criatividade, pois se o DNA é o fator da hereditariedade, porque não o seriam também certas lembranças? Seria impossível que a memoria possa ser transmitida até após varias gerações? Porque não podemos crer nisso mas, podemos crer em utópicas vidas passadas?.

Se realmente existirem abduções, seres alienígenas com alta tecnologia, como é aceito como verdade por muitos, e com o que não compactuamos, porque se ignorar a possibilidade de estes seres estarem a inculcar ou até implantar na mente das pessoas tais ideias, talvez com o uso de um ship com imagem e tudo? Ora, se os alienígenas, que tem alta tecnologia como é dito, tiverem tempo de vida superior ao dos humanos o que é muito palpável, e passarem a estes as imagens e fatos que presenciaram e que estes nunca viram e até as infiltrando em suas mentes por telepatia como creem, isto pareceria uma vida anterior ou não? Esta hipótese tão lógica e até simplista, cremos ser de muito mais aceitação do que as elucubrações fantásticas e etéreas que são propostas por tais pesquisadores sábios e entendidos.

Como crer que uma alma pode habitar em dez pessoas simultaneamente, os quais nesse caso seriam em verdade dez “zumbis”, cada um com dez por cento de uma única alma!, Talvez isto explique alguns fatos da humanidade atual tão alienada, como crer que um alma pode evoluir saindo de um ser racional com alma, para um ser irracional sem alma? Confesso a minha total inaptidão como um ser lógico, para absorver tais propostas absurdas entre tantas outras fantásticas e tão ilógicas e incoerentes como estas. Na Bíblia Jesus diz: “Guias cegos, que coais o mosquito e engolis o camelo!”, Mt 23: 24 e está é uma verdade, se coa o mosquito e se engole o camelo como vimos. A sabedoria pode nos subir a cabeça e nos fazer absolutamente insensatos, nos julgando sábios e nos revelamos como loucos, isso diz a Bíblia, só lida e crida por tidos como ingénuos ou chamados ignorantes , entre os quais orgulhosamente me incluo confesso creio e aceito toda lógica e mais ainda a logica plena da Bíblia, veja Rm 1: 22.

cláudio pinto pr

Pense: “Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias,; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes”, veja 1Co 1: 27 a 29.

Cérebro bl

Deus é o Criador e assim é também a plenitude da sabedoria, e tudo fez com sabedoria, até mesmo o ato de por no jardim a árvore da ciência do bem e do mal, Gn 2: 9. Se Deus não quisesse que o homem adquirisse tal sabedoria, seria simples, não a poria ao seu alcance no jardim, o que rebate a todas as insinuações e suspeitas dos céticos, que se assemelham as da serpente em no Éden, Gn 3: 2 a 5.

A sabedoria que o homem precisava lhe foi dada por Deus conforme Gn 1: 31, onde revela ter sido o homem criado “muito bom”, portanto, com o pleno conhecimento do bem com o qual lavrava e guardava o jardim de Deus e nomeava sabiamente toda a sua criação, sempre aprovada conforme Gn 2: 19. Isso dá a resposta a pergunta insana, sempre eivada de ironia, suspeita e conspiração, é feita nesses programas, .ou seja: “por que Deus não queria que o homem adquirisse a “sabedoria?”

O texto usado para tal pergunta e conjectura conspiratória diz: “ E ordenou o Senhor Deus ao homem , dizendo: de toda a árvore do jardim comerás livremente; mas da árvore da ciência do bem e do mal, dela não comerás; por que no dia em que dela comeres, certamente morrerás”, Gn 2; 16 e 17. Deus tinha muitas árvores no jardim e todas frutíferas e boas para se comer, e permitiu que o homem comesse de todas livremente por lhe serem boas e propícias à saúde e a vida. Este é o amor e a sabedoria de Deus..

Porém, de uma só árvore Deus não queria que o homem comesse, embora não lhe tenha proibido de o fazer, como acabou fazendo. E porque não queria? A essa pergunta repetida por todos os inquisidores a resposta está tão clara como o dia na sequência que diz: Para que “morrendo, não morresse”, Deus queria o homem sábio e vivo, pois o criou para viver e não para morrer. Será que está clara a resposta dada por Deus tão abertamente e em aparente redundância ou pleonasmo, o morrendo, morrerás, no original bíblico, isto a mais de seis mil anos e até hoje ainda inacreditavelmente não compreendida?

Para estes que não entenderam, Deus queria que o homem tivesse o conhecimento e toda a sabedoria sobre o bem e que nele vivesse, e nenhum conhecimento sobre o mal, que nele desencadearia o processo de decrepitude senil que hoje sabemos ocorrer pela oxidação e ação dos radicais livres pelos quais as células se incapacitam em se reproduzirem com a mesma qualidade trazendo o envelhecimento e ao final do processo a morte, o “morrendo morrerás”, morte lenta e continuada pela degeneração física.

“O temor do Senhor é o princípio da sabedoria, bom entendimento tem todos os que lhe obedecem, o seu louvor permanece para sempre” diz o salmista com toda a sabedoria no salmo 111: 10. E a resposta final ´e esta: “E, se alguém de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada”, conforme diz Tg 1: 5. Deus sempre deu sabedoria aos seus e em especial para entenderem o que diz a sua tremenda palavra.                                                                                         cláudio pinto pr

Pense: “Aos seus, Deus deu ainda a mente de Cristo para entenderam a Bíblia,

Figura1

Este assunto deve interessar aos que já viram na tv fechada propostas apócrifas sobre o tema que tem uma explicação bíblica não citada. O que ocorreu com Adão após ser expulso por Deus do Jardim? Gn 3: 22 e 23, A Bíblia narra o início de sua vida fora do jardim, agora como pecador e de volta a terra de onde fora formado, e onde também conheceu (praticou sexo e a engravidou) a Eva, e dela gerou dois filhos, primeiro a Caim e após a Abel, embora escritos apócrifos sugerem que ambos eram gêmeos.

Sabemos também que Caim era lavrador da terra como seu pai, e Abel era pastor de ovelhas, e que um dia ambos ofereceram sacrifício a Deus, que aceitou a oferta de Abel, que lhe trouxe do primogênito de suas ovelhas e de sua gordura, um sacrifício vivo, mas não atentou para a oferta de Caim, resultado do trabalho meritório de suas mãos, Gn 4: 3 a 5, Enciumado, Caim deliberou em seu coração o matar a seu irmão e o fez, estando eles sós no campo, Gn 4: 8. Assim ocorreu o primeiro homicídio no mundo por Caim, o primeiro filho de Adão, após o pecado e á contaminação com o conhecimento do bem e do mal,

Deus preveniu a Adão que se ele comesse do fruto da árvore da ciência do bem e do mal, ele “morrendo morreria”. Como viu que Eva comeu e não morreu o fez também, e agora vê o resultado de seu erro ao ver a morte já no mundo ceifando a seu filho Abel, resultado da entrada do pecado e da morte conforme diz Rm 5: 12. Adão viveu até 930 anos e, “morrendo dia a dia, morreu”, resultado do processo que lhe ocorreria se ele comesse do fruto da ciência do bem e do mal, como lhe advertira o Senhor, Gn 2: 17.

Após é dito que Adão teve filhos todos agora a “sua imagem e semelhança”, ou seja, pecadores como ele, e teve também filhas, não citadas nominalmente, Gn 5: 1 a 4. Nasceu então Sete o terceiro filho, que tinha uma boa índole, e de cuja linhagem veio a nascer Abraão, o Patriarca gerador do povo de Deus. Sobre o casal Adão e Eva, nada mais é dito na Bíblia, mas existem textos apócrifos e da tradição judaica, que narram alguns fatos posteriores da vida de Adão, mas ao qual os céticos dão todo o crédito, como sua incompreensão pelo trabalho exaustivo para sobreviver após o pecado, Gn 3: 19, e o sofrimento por doenças e dores, antes inexistentes, e ao fim a morte devido ao processo que ele desencadeou, ao absorver do conhecimento do mal, e pecar.ao adquirir tão nefasta “sabedoria” como está em Gn 3: 6.

A Bíblia não revela nenhum sentimento de arrependimento, ou desejo de ter o perdão divino, da parte de Adão, Apenas sabemos por textos paralelos, de seus lamentos pela condição agora caída e da vida dura longe de Deus. Como os contrários a Bíblia sempre exaltam o livro de Enoque, e tecem criticas severas por ele não estar na Bíblia, lembramos que nos tempos de Enoque, homem que andava com Deus e com tal dedicação que foi por Ele tomado vivo, sendo levado para o céu, Gn 5: 24, que Adão conviveu com ele na terra , mas nunca o procurou para manifestar arrependimento ou ser instruído por ele, sobre o que deveria fazer para como pecador obter de Deus perdão. Desprezou ou não creu em tal chance. Adão e Eva, fora do jardim, deram início ao sistema chamado “mundo”, que nada tem a ver com os planos de Deus para o homem, e no qual hoje todos vivemos, fieis e céticos, veja 1Jo 2: 15 e 16 e Jo 17: 14, isto até o dia da redenção e da gloriosa volta de Jesus Cristo. cláudio pinto pr

Pense: “Quem busca os brilhos das trevas deste mundo, nela permanecerá sempre, e por livre escolha..

As abduções

aliens p bl SH8 - bl

O que é uma abdução? na prática é semelhante a um ato de sequestro de um ser humano o subjugando pela força e superioridade e o submetendo a intentos ocultos e suspeitos e muitas vezes até dolorosos e traumáticos. Atribui-se a prática desses atos abomináveis a alienígenas que agem na calada da noite fazendo valer a sua supremacia tecnológica. Cremos que se no universo existir um tribunal galáctico em que haja justiça, esse ato será tido como criminoso, pois não respeita a nenhum direito de arbítrio de suas vítimas indefesas, as submetendo pela força e pior, violando os seus corpos. Com que intenção o fazem? não sabemos, são feitas as ocultas como tudo o que é maligno, agem de preferência nas trevas da noite e com propósitos escusos e no mínimo suspeitos, embora hajam os que veem nisso algum tipo de ajuda. Porém, todos os relatos de abduzidos que ouvi, revelaram mal estar, recordações ruins, falta de memória e preocupação a ponto de necessitar de ajuda externa.

Dizem que estão introduzindo entre nós abduzidos programados para agirem na hora certa, com que fim não sabemos, e ainda híbridos manipulados que se mesclam entre os humanos se confundindo com eles de forma sorrateira, e claro se fosse com boas intenções, não seria feito nas trevas e as escondidas , porém as más obras são sempre secretas, conforme revela Jesus Cristo em Jo 3: 19 a 21. Quem age nas trevas e na noite, o faz para que a luz não revele suas más obras.

Quando Deus enviou os seus profetas a um mundo tomado pelo mal, não o fez em oculto nem de forma dissimulada, e eles também nunca agiram em oculto, revelaram os seus planos e por sua pregação benigna foram rejeitados, perseguidos e mortos, mas sempre agiram de forma aberta Mt 23: 29 a 33. Quando Deus iniciou seu plano para salvar o mundo, não o fez em oculto, enviou a João Batista para o anunciar a todos, e ele lhes pregou ao ar livre e a luz do dia, o que redundou ter a cabeça decepada por isso. Jesus Cristo batizado publicamente por João batista pregou abertamente a salvação ao mundo perdido e dominado pelo mal, curou a muitos, e pregou a salvação a todos em plena luz, só deu e nada pediu, e por seu amor e sua pregação que visava salvar o homem, foi condenado e crucificado sendo inocente e meio a um mundo que tem como seu príncipe o maligno Jo 14: 30, pois num mundo de tortos, o que é direito e tido por eles como sendo torto, e assim foi com Jesus o Senhor.

O apóstolo Paulo e todos os discípulos de Jesus, pregaram ao mundo abertamente e só fizeram bem e curaram há muitos e salvaram a todos os que os ouviram, e acabaram um a um sendo martirizados por ter pregado a luz do dia os seus bons propósitos dirigidos a um mundo hostil e maligno . Hoje a igreja está aberta e prega o evangelho do reino abertamente e revela a todos a volta de Jesus para a vida eterna e para a vinda de seu reino para um novo céu e uma nova terra como está já abertamente anunciado em Ap 21: 1 a 3. Deus e os seus servos fazem tudo a luz, de forma aberta, pois Deus é luz, e toda a sua obra é sempre boa e útil para a toda a humanidade e seus servos agem a sua luz sempre.

Jesus Cristo ao ressuscitar dos mortos após ter vencido o mundo , a morte, e o maligno e todo o seu império mortal, veja Hb 2: 14, tinha todo poder no céu e na terra, Mt 28: 18, mas não se vingou dos que o martirizaram, ao contrário subiu aos céus e se assentou a direita de Deus, Mc 16: 19, e a seu tempo voltará como está anunciado a todos, e mostrará o seu poder absoluto e total sobre todos os seus inimigos, como revelado em Ap 19: 19 a 21, e tudo as claras e a luz. Deus é luz e ilumina a terra com seu amor e vida e voltará para fazer nova todas as coisas na qual será a luz do mundo Ap 21: 24.

cláudio pinto pr

Pense: “E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes condenai-as; porque o que eles fazem em oculto até dizê-lo é torpe; mas todas estas coisas se manifestam, sendo condenadas, pela luz, porque a luz tudo manifesta”, Ef 5: 11 a 13. Deus é luz.

A Bíblia e a mulher

PF Tes II

A Bíblia é tachada, em especial por aqueles que não a acatam e estudam, como um livro machista no qual se dá toda a supremacia ao homem. Seria isso verdade? Se o fosse, Deus simplesmente não teria formado a mulher, e não haveria o problema. como ocorre com os anjos. Outra possibilidade é que após a queda , pela qual se culpa a mulher, a teria eliminado da história, o que também não o fez, só esse argumento sendo analisado, acabaria com qualquer ideia de possibilidade machista.

Quando Eva comeu e após induziu Adão a comer do fruto proibido, Deus não imputou a Eva o pecado e a queda e nem a responsabilizou por isso, mas chamou a Adão e lhe imputou toda a culpa, Gn 3; 17 a 19 e a mulher somente castigou conforme Gn 3: 16, mas lhe prometeu que dela viria o Salvador de todos os seres humanos, Gn 3: 15. A mulher errou, ela gerará a correção do erro, já o homem pecou, ele tirará o pecado do mundo, Jo 1: 9. Um Deus taxado como autor “machista” e que pune rigorosamente o homem.

Deus criou o homem e a mulher, pois tinha um propósito para ambos, e era dos dois fazer um só, como revela em Gn 2: 24. Isso se sucederia no casamento quando se uniriam e nos filhos que viriam, da junção dos espermatozoides e dos óvulos nasceriam homens e mulheres e teriam todos partes de cada um dos pais igualmente, os filhos seriam um nos dois pais. Deus sempre amou o homem e a mulher que criou.

Quando Moisés o libertador de Israel, se omitiu em circuncidar a seu filho, e Deus o queria matar, quem foi que usou para o corrigir ,e ainda o envergonhar, o fazendo narrar esse seu erro nas escrituras, senão a sua mulher Zípora, Ex 4: 24 a 26. Deus sempre reconheceu a virtude das mulheres na história. Os homens de todo o mundo, em especial os descrentes, criaram a supremacia da qual acusam a Bíblia, os judeus, não oravam junto de suas mulheres no templo por considerá-las seres sem alma., os gregos, fonte da cultura ocidental, amavam o belo e desprezavam as mulheres, os orientais, andavam a frente de suas mulheres e filhos, por se julgarem superiores, e até os esquimós, ofereciam as sua mulheres como brinde a seus convidados e se ofendiam se fossem rejeitadas como ofertas, as viam como objetos seus apenas, e está é a história do machismo na humanidade, o homem caído, e não é produto da Bíblia, como é dito, mas sim do espirito pecador dos humanos, em gênero, número e grau. .

Jesus o Salvador, nasceu de uma mulher escolhida por Deus, e segundo as escrituras fecundada pelo Espírito Santo, Lc 1: 35, e embora tivesse anunciado que sua esposa seria a sua igreja, sempre esteve unido as mulheres em sua missão conforme está em, Lc 8: 1 a 3, e nunca desprezou a nenhuma mulher nem mesmo a adultera condenada ao apedrejamento pela justiça humana, Jo 8: 7. Mulheres foram as primeiras a saber de ressureição de Jesus, Mt 28: 5 a 8, e foram as enviadas pelos anjos a anunciar isso a seus discípulos, Mt 28: 5 a 8, e foram as primeiras a verem Jesus já ressurreto, Mt 28: 9 e 10.Um livro machista que põe sempre a mulher em primeiro lugar e plano. Só mesmo um Deus perfeito e justo para fazer tal proeza e tal milagre.

A mulher foi criada para ser auxiliar do homem, estar sempre a seu lado sendo uma com ele, Gn 2: 18, mas caiu na cantilena da serpente querendo ser igual a Deus, Gn 3: 5, e assim maior que o homem, por influência maligna, da serpente e isso o induziu ao erro, mas no coração de Deus sempre esteve o salvar o pecador e reabilitar a mulher diante dos homens, e a recolocar na mesma condição inicial da criação, a de estar ao lado do homem sendo uma com ele, nem menor e nem maior, iguais em funções diferentes. Jesus cumpriu o propósito divino, teve sempre as mulheres a seu lado o auxiliando, como proposto na criação e os seus discípulos o servindo e sendo preparados para continuar o seu ministério. Assim cada um cumpre a sua vocação a qual foi designado como Jesus, e não fazendo a sua própria vontade.

Para Jesus nunca houve diferenças, Gl 6: 23 a 29, e na eternidade na nova criação de Jesus, não haverá nem homens e nem mulheres, ambos serão criados eternos juntos na primeira ressurreição, conforme Lc 20: 34 a 36, e serão gloriosos como os anjos e maiores que eles, pois serão a imagem e semelhança de seu criador e reinarão com ele para sempre, Ap 22: 5. Deus torna a todos um só, nele, Jo 17: 11 e 21.                                    cláudio pinto pr

Pense: “A Bíblia, contém: as escrituras sagradas, a verdade , a salvação e promete á eternidade.

INSPIRAÇÃO az mg

Há programas de televisão, que abordam a Bíblia como se a quisessem  estudar seriamente, mas nos comentários revelam a clara intenção de desacreditar e colocar em dúvida todos os seus textos com questionamentos e suspeitas. Baseados na teoria da conspiração da igreja histórica, acusada como machista e interessada em assim ocultar fatos, e usando  toda a literatura existente, sem levar em conta se pertencem ou não ao cânone judaico, ou se é até mesmo profana. E como se para confrontar a verdade tivessem licença para tudo, até para dar crédito a abominações e apócrifos sem nunca questioná-los em sua integridade e veracidade. Nesse afã, validam tudo o que é contrário a Bíblia e assim persistem no erro que se torna maior que o primeiro, pois partindo de uma premissa errada, a conclusão será sempre absolutamente errônea mesmo que não se admita.

O que é o cânone judaico? E a lista de livros reconhecidos como inspirados por Deus. A Bíblia narra a origem da nação de Israel a partir do patriarca Abraão, é chama a sua descendência como “povo de Deus”, Ex 6: 7, nação escolhida por Deus para revelar a sua vontade aos homens, Gn 12: 3b. E o faz através de seus escritores inspirados (os Profetas) 1Re 22: 14, dos quais se compõe o cânone sagrado. Mas isto não impede que na nação de Israel, existam também os escritores naturais, inspirados e com muita capacidade de criar narrativas paralelas e criativas, pelas mais diversas motivações, inclusive por ciúme e emulação, ou até por inspiração maligna pois, se Deus pode inspirar a mente dos seus com a verdade, também o maligno o pode e o faz com versão contrária a da Bíblia, visando confundir a cabeça dos incautos e céticos, e via de regra conseguem, pois diz 2Ts 2:11 e 12, que estes amam o engano.

O problema, é que se a Bíblia como seu texto proclama, é a palavra de Deus, só restam duas opções: é crer ou não crer nela. Não crendo você jamais terá o Espírito que a inspira e a sopra na mente dos profetas para a discernir, e se confundirá sempre não entendendo até as coisas mais simples narradas nela, pois ela se discerne pelo Espírito e não pelo intelecto humano, 1Co 2: 14. Essa é dificuldade dos céticos ao tentarem confrontar a Bíblia pela sabedoria humana, a sua incapacidade espiritual de discernir entre a verdade e o engano.

Deus deu a todos o livre arbítrio e não obriga ninguém a crer nele, nem mesmo a acreditar que a Bíblia é a sua palavra, a escolha é livre e de cada um individualmente, como também as consequências da escolha. Só há um método para se entender verdadeiramente a Bíblia, e a humildade, a oração e o Espírito Santo que revela o sentido do texto, fora disso só se consegue, ostentando toda a sabedoria, revelar as próprias inaptidões, incoerências e falhas, e isto diante de todos, 1Co 1: 19 e 20.

Como disse O Senhor Jesus: “graças te dou, o Pai, Senhor dos céus e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos, sim Pai, pois assim te aprouve”, veja no evangelho de Mateus , capítulo 11: versos 25 e 26.                                                          cláudio pinto pr

Pense: Existem muitas “verdades”, mas a verdadeira é aquela que permanece para sempre, Mt 24: 35.

%d blogueiros gostam disto: